O que é preciso é motivação!

Esta semana já estava a ficar fartinha de turcos (os habitantes da Turquia, não os panos e toalhas), quando me lembrei: os turcos odeiam gregos. Ora pois também eu, desde 2004, não tenho particular carinho por eles. E se odeiam gregos, não podem ser assim tão maus!

E assim surge uma nova vaga de energia para continuar a trabalhar com eles...

Comentários

Michelle disse…
nada como mudar a perspectiva para ter outra visão das coisas :)

Mensagens populares deste blogue

cri cri cri foguete...

como tu nunca...