quarta-feira, dezembro 26, 2007

Ah, já me esquecia...

Boas Entradas em 2008!

Fui...

Vou ali, já venho. Lá para o dia de Reis, já cá devo estar.
Até lá, não morram de saudades minhas :)

segunda-feira, dezembro 24, 2007

domingo, dezembro 23, 2007

What else?...

Sexta-feira às 18h, eu e a Michelle entrámos na loja da Nespresso do Chiado com um objectivo simples: comprar café para a minha mãe, mais uma viciada no fenómeno Nespresso.
Tirámos a senha com o bonito numero 825. Olhámos para o ecran e a senhora estava a atender o numero 614. Gargalhada...seria possível que estivessem mais de 200 pessoas à nossa frente para comprar café? CAFÉ? Se estivéssemos na Etiópia e fosse a fila para o Arroz, ok...mas CAFÉ??????
E agora, decidir o que fazer: ficar ou bazar? Nem sequer bebemos café, por isso nem isso tinhamos para nos entreter...
(Note-se que a nossa boa disposição e ponderação em ficar só foi possível porque estávamos de férias há 1 hora e ninguém nos ia tirar nem a vontade de rir, nem o sorriso estupido da cara...em qualquer outra altura, nem sequer teriamos entrado...a não ser que lá estivesse o George Clooney dentro...aí até podia ter a senha nº 17428374265471831).
Nisto, estamos na decisão de ficar ou bazar quando uma miuda vai a sair furiosa e diz: "toma, queres?" E entrega-me uma senha com ar de quem tinha estado na guerra, mas com o numero 693 (tirada às 16h41).
E assim, de repente, já só estavam 80 pessoas à nossa frente...Acabou por ser rápido, consegui comprar o café e a minha mãe pode considerar essa a minha prenda de Natal. Não o comprar, mas o estar disposta a enfrentar uma fila, para o comprar.
De qualquer forma, se alguém me conseguir explicar, o que é que a máquina e o café tem de especial para que tanta gente, por todo o mundo, esteja disposta a enfrentar filas de horas para o comprar, agradeço...e não digam que é o Clooney, que eu bem sei que ele não estava na loja...

mensagens de natal

... dizem mesmo que se deve sorrir um determinado número de vezes por dia, para impedir o ataque repentino das rugas... aqui

"Não critique, ajude; não grite, converse; não acuse, ampare e... não se irrite, sorria" aqui

sábado, dezembro 22, 2007

maré de sorte

é aquela em que tenho andado!
euromilhões da máquina 100% de lucro ;)
50 cts nas maquinas dos café que dão prémios e saí uma maravilhosa maquina de barbear, que pode ser usada através de duas fontes de energia (pilhas e electricidade) tendo em conta que em todas aquelas bolas só havia duas com este prémio digam lá que não fui uma privilegiada (neste caso não consigo contabilizar o lucro)...
a minha primeira máquina de barbear, ai ai... agora só me falta saber que uso lhe dar porque não tenho barba, mas isso o senhor que está lá em cima a ditar as marés de sorte não tem obrigação de saber!
nem quero pensar no que se segue...

sexta-feira, dezembro 21, 2007

fundação tecla

...9 anos a dar música a quem nos quiser ouvir
tem tido um percurso a par e passo com o metro de santa apolónia, mas em bom!
como o outro já está inaugurado perece-me que a fundação entrará ao serviço hoje logo depois de andar à roda o euromilhões!!!
continuaremos a trabalhar rumo ao futuro perseguindo o objectivo inicial e encontrando soluções conjuntas para os obstáculos que surgem no caminho!
a equipa de trabalho tem sido consolidada e está cada vez mais forte e coesa!
assim sendo aguardem-nos... ganhámos uma visibilidade estonteante e se ainda não notaram é porque são pessoas desatentas...

crónica de um jantar...

é disto que o meu povo gosta (como diria o outro) foi festa do principio ao fim, acordámos o natal que havia em nós com o devido patrocínio...
ao melhor estilo despedida de solteira mas em bom, começou com os cumprimentos e conhecimentos e encontros de afinidades! muita gargalhada e animação...
a festa começou e quem se atrasou, não se perdeu, apanhou o comboio na estação mais próxima! e dançou ou não ao som do requiem de mozart!
muita cantoria deixo-vos o medley dos pontos altos...
gosto das ondas do mar e nós pimba, golo do benfas, na mariquinha que vem comigo para angola, ou para constância que fica mais em caminho, porque a cabrita é minha, mas tem uma remada forte, aqui na selva o rei é o leão auuuuuuu, cuidado porque a vaca da vizinha é grande. erros e desafinações houve mas isso não nos impediu de cantar, convidámos também o pai buda porque é um rapaz que sabe como é que se fazem filhos e tem muitos, mais a canção do beijinho para prosseguir até... évora porque a distância é uma questão de interpretação!
tudo isto regado por uma belíssima colheita de 2007 de... garrafas de água e 2 jarrinhos de sangria o que para 12 pessoas não parece ser suficiente para tanta animação...
é caso para dizer... a tradição já não é o que era!!!
chifrox (com direitos dos autores)

Esta é a minha resposta...


pimp myspace
myspace layouts
pimp myspace

Michelle Vs Sue

pimp myspace
myspace layouts
pimp myspace

quinta-feira, dezembro 20, 2007

coisas de gaja

hoje em conversa com uma amiga saiu-me...
se já é tão difícil mudar um sofá, mudar o mundo é bem mais complicado!
mas continuamos a incorrer no mesmo erro cada uma de nós acha que sozinha vai conseguir mudá-lo

ossos do oficio...

se há coisa que eu gosto é de conversar... de dizer coisas... de preferência quando estou em dias sim... hoje está a ser definitivamente num dia sim... disse montes de coisas e ouvi muitas mais... consegui olhar para as pessoas e vê-las com várias tonalidades, coisa que já há algum tempo que não conseguia fazer.
talvez tenha recuperado aquilo que achei que perdi... talvez!

e o dia que amanheceu cinzento, entardeceu ensolarado... só porque o tempo nos prega destas partidas... tem vontade própria e porque o planeta continua a girar independentemente do que fazemos cá por baixo!!!

Meet Mister GrassHead...


Apresento-vos o meu novo amiguinho, o mister GrassHead.

Por enquanto é careca, mas quando eu o regar, vai crescer-lhe cabelo, que é como quem diz, relva na cabeça.
Então vou poder pentear, que é como quem diz cortar, à minha vontade...
Já vejo o mister GrassHead Punk!
Esta foi, sem duvida, a prenda de Natal mais gira que já me calhou em jantares de Natal...

quarta-feira, dezembro 19, 2007

E as palavras mais bonitas que me disseram nesta quadra natalícia foram...

...e passo a citar:
"Feliz comemoração do nascimento de Jesus"

olhos que não vêem...




nova música do amiguinho jack ;)

terça-feira, dezembro 18, 2007

Caixinha de Surpresas

Desde que vim trabalhar para o IST, já fiz todo o tipo de trabalho de campo: de madrugada, de dia, de noite, em rios, ribeiras, lagoas, albufeiras, estuários, no mar, em praias, fiz fotografia aérea, mergulho, pendurei-me em cordas para descer pontes, enterrei-me em lodo, desci e atravessei rios e até já fui à pesca, andei kms a pé, de todo-o-terreno, de barco, de avião e, a ultima novidade, de kayake, debaixo de sol e debaixo de chuva.

E quando eu penso que o trabalho de campo já não me pode surpreender o chefe diz: o ideal para fazer as batimetrias é um jetski...


Não corro o risco de me aborrecer neste trabalho, não não...

segunda-feira, dezembro 17, 2007

Já cá canta mais um...

Sinceramente não acho grande piada a fazer anos... mas é tão bom quando os amigos se lembram de nós e nos enviam uma mensagem, ou nos telefonam...
Este ano um amigo holandês enviou-me uma prenda...
Cheira bem, não cheira?

Obrigada Klaas :)

domingo, dezembro 16, 2007

Parabéns Michelle!...







ontem...

... no deserto... um bocadinho antes de chegar ao fim do mundo, mas lá muito perto... inesperadamente cruzei-me com algumas memórias antigas que muito respeito e admiro... a guitarra portuguesa de Coimbra, que chora quando tocada... a música de Carlos Paredes que preenche os silêncios quando solta...
gostei muito do concerto... e como não há imagens daquele a que assisti ontem... deixo-vos o carlos paredes do cais das colunas (chegado directamente do you tube, se o paredes soubesse onde o encontramos agora) e quem sabe se um dia não ouvem o pedro algures por aí no mundo...







fui guiada pela vossa mão e (re)encontrei notas esquecidas de laços vividos, sentidos e mantidos pela força que têm os amigos com quem aprendi a sentir a música do paredes...

sábado, dezembro 15, 2007

E o improvável aconteceu...

Afinal, havia 1 Episódio do Seinfeld que eu nunca tinha visto...

vá sue por ser para ti...

"Tanta vez te perguntam por tuas aspirações espirituais, afectivas, familiares e de carreira. Tornou-se anti-social perguntar por nossos desejos materiais, como se isso não fizesse parte de nossa vida, como fosse até vergonhoso falar em tal assunto. Assim aqui vão cinco formas de ver cinco bens materiais. Passa-os a cinco amigos também."
a) 5 bens materiais QUE TIVESTE NO PASSADO. Já não os tens e sentes saudades ou nostalgia por eles.
a1) o 106, que agora é da minha tia por isso ainda vou matando saudades
a2) o ó-ó que me acompanhou durante muitas e muitas noites e que azul, tinha orelhas grandes em tecido xadrez, era exclusivissimo... foi feito só para mim
a3) alguns livros
a4) o meu bebé cabeludo preto, quando todas as meninas tinham um careca branquinho...
a5) um anel
b) 5 bens materiais QUE POSSUIS ACTUALMENTE. Que mais gostas e não vives sem.
Bem, "não viver sem" é exagero, mas gosto muito deles...
b1) o pc
b2) o tom tom azul
b3) o telemóvel
b4) os relógios
b5) o perfume
c) 5 bens materiais QUE PENSAS EM ADQUIRIR. Nos próximos 5 anos.
c1) casa e respectiva mobilia
c2) roupa
c3) livros
c4) relógios
c5) todo o enxoval para bebé
d) 5 bens materiais QUE GOSTASTE DE OFERECER. A cinco pessoas diferentes.
d1) uma máquina de café ao pai e esposa
d2) girassol à mãe
d3) tudo o que ofereci aos amigos
d4) o principezinho, o ser amigo, e terapia do abraço e o pássaro da alma a todos os que já o receberam de mim
d5) um bilhete para um concerto, um boletim do euromilhões, uma capa de edredon a quem os ofereci só porque não esperavam
e) 5 bens materiais QUE SONHAS TER. Mas que sabes não vir a adquirir.
e1) uma ilha no dubai, pode ter a forma de Portugal que não preciso de muito espaço, com uma casinha jeitosa ou em alternativa o hawai para ter uma casita de frente para o mar e finalmente já não ter desculpa para aprender a fazer surf
e2) O Taj Mahal
e3) a lua se não for considerada bem material... posso ficar-me por um flat na park avenue, pode ser uma penthouse com vista para o colombus circle
e4) um avião
e5) uma fundação

Agora passo a bola às 5 primeiras pessoas que quiserem responder a isto...

sexta-feira, dezembro 14, 2007

Cá está mais um passatempo lançado pelo menino Rusty: desta vez o desafio chama-se BENS MATERIAIS. Cá vai:
"Tanta vez te perguntam por tuas aspirações espirituais, afectivas, familiares e de carreira. Tornou-se anti-social perguntar por nossos desejos materiais, como se isso não fizesse parte de nossa vida, como fosse até vergonhoso falar em tal assunto. Assim aqui vão cinco formas de ver cinco bens materiais. Passa-os a cinco amigos também."
a) 5 bens materiais QUE TIVESTE NO PASSADO. Já não os tens e sentes saudades ou nostalgia por eles.
a1) A minha mota, de seu nome "Ginga", presente do meu pai aos 16 anos, que tanto jeito e tantas alegrias nos deu, a mim e aos meus amigos. Grandes aventuras! Saudadesssss....nunca a devia ter vendido!
a2) Gosto muito do TomTom mas tenho muitas saudades do meu segundo carro, o Charlie e sobretudo do meu primeiro carro, o XPTO. Ai, se ele falasse! Saudades, saudades, saudades do meu XPTO lindo!
a3) Os meus perto de 100 peluches de animais com os quais brincava ou à Arca de Noé ou aos veterinários e a Conchita, a minha boneca favorita. Custou-me tanto mas tanto dá-los...Sniff...
a4) Os meus outros brinquedos que eu adorava, nomeadamente os playmobil, os masters do universo, os estrunfes, os legos, as casinhas de madeira, e a minha super bisnaga de água gigante que a minha mãe me trouxe da Bélgica e me tirou (após forte ensaio de porrada!) quando descarreguei lixivia pura em cima do casaco vison da vizinha. Não, não me arrependi...WEAR YOUR OWN FUR!!!!
a5) O ZX Spectrum e os jogos fantásticos da altura: Chuckie Egg, Bomb Jack, Space Invaders e Arkanoid!
b) 5 bens materiais QUE POSSUIS ACTUALMENTE. Que mais gostas e não vives sem.
Bem, "não viver sem" é exagero, mas gosto muito deles...
b1) Os meus albuns de fotografias, digitais ou em papel. Adoro-os. Espero um dia ser velhinha e olhar para eles para recordar os momentos ali gravados.
b2) Os meus livros. Adorava ter uma biblioteca para os colocar mas por falta de espaço, sinto que tenho cada vez menos...volta e meia lá dou uma fornada! Só as Bandas Desenhadas é que não saem daqui! Também os meus CDs e DVDs, musica e filmes que me acompanham ao longo da vida.
b3) As recordações que trago de todas as viagens que faço, (conchas, plantas, quadros, livros, objectos em geral) ou que outras pessoas me trazem de todas as partes do mundo. Já são muitos...
b4) A minha colecção de relógios.
b5) A minha colecção de postais de todo o mundo, que peço sempre aos meus amigos que me enviem quando vão a qualquer lado.
c) 5 bens materiais QUE PENSAS EM ADQUIRIR. Nos próximos 5 anos.
c1) Decididamente, uma casa nova. Esta está longe de corresponder às minhas aspirações. Pode ser o ultimo andar de um prédio, ali nas Av Novas, perto do El Corte Inglés e da Gulbenkian ou então na Av Roma. Também pode ser num daqueles prédios ao pé do Estádio do Glorioso, que se bate palminhas e acendem as luzes...Isso é que era uma festa ir a pé ver o meu Benfiquinha!
c2) Nos próximos 5 anos, assim já mais para o fim, sou capaz de comprar um carro novo. Por enquanto, o TomTom é novinho, ainda nem fez 1 aninho!
c3) Comprarei certamente montes de sapatos, de preferencia invulgares. E malas, muitas malas. E relógios, montes de relógios. Bolas, gostava de me curar disto...
c4) Comprarei também livros e mais livros, DVDs e mais DVDs, ai que vicio!
c5) E se der, trocarei também o meu velhinho Toshiba Portégé pela versão moderna e branquinha do mesmo. São tão lindossssss, tão pequeninos, tão práticos, tão avançados...
d) 5 bens materiais QUE GOSTASTE DE OFERECER. A cinco pessoas diferentes.
d1) Adoro oferecer prendas por isso gostei de oferecer tudo o que ofereci a toda a gente que conheço: prendas de aniversário, Natal ou outra coisa qualquer.
d2) Todas as prendas que ofereci, sem motivo nenhum, só porque ia a passar e vi um objecto que combina com alguem. São as prendas melhores, as sem motivo nenhum.
d3) Todas as coisas que eram minhas e eu gostava delas (bonecos, livros, etc) e que ofereci a quem mais precisa. Ou então as coisas que dei, simplesmente porque as pessoas gostavam delas, joias, fotos, coisas minhas. Dou com muita facilidade...
d4) Um desenho feito a partir de uma foto do meu pai que consegui recuperar e enquadrar para lhe oferecer. Sei que era uma imagem que tinha significado para ele.
d5) As minhas contribuições mensais para a Amnistia Médica Internacional, dou com muito gosto. Se pudesse daria ainda mais...
e) 5 bens materiais QUE SONHAS TER. Mas que sabes não vir a adquirir.
e1) A floresta da Amazónia, as Ilhas Galápagos e África inteirinha.
e2) O Taj Mahal
e3) A casa dos meus sonhos, com muito espaço e uma sala de jogos na cave com máquinas Arcade de Flippers, Puzzle Bubble, Tetris e Street Fighter.
e4) Algumas obras de arte seleccionadas, uns Picassos, uns Dalis, uns Mirós, uns Van Gogh...umas coisinhas assim para decorar a minha casinha.
e5) Uma cadeia de hotéis
Também gostava de ter um gato cor de laranja grande, gigante e um Leão da Rodésia, mas só depois da casa...
Agora passo a bola às minhas coleguinhas de Blog: Té, Michelle, Clau, Ritinha e Rita.
"A MUSICA JAPONESA É UMA TORTURA CHINESA"
- Woody Allen -

quinta-feira, dezembro 13, 2007

Estive a pensar...

...e a minha palavra favorita é SAUDADE. Em oposição, a palavra que menos gosto é "esporadicamente"...blarghhhh, só de a escrever já me passo...

Porque é que estive a pensar nisto? Não, não é porque não tenho mais nada que fazer...é porque vi um livro que se chamava "A minha palavra favorita" e achei piada.

Pronto, tá dito.

terça-feira, dezembro 11, 2007

olhares prismáticos

pois que num dos meus muitos afazeres laborais fui a um sitio numa cidade em que existiam laranjeiras e limoeiros carregadinhos de frutos... vai daí que a pessoa que me acompanhava teve a ideia brilhante de colher alguns frutos e oferecer-me... uns para mim, outros para dar à senhora da portaria... entre a o meu espanto e alguma hesitação considerei que não estamos a roubar frutos mas sim a permitir-lhes que tivessem o fim mais digno que uma laranja pode ter! ser transformada em sumo ou sobremesa... dando também oportunidade à arvore de voltar a florescer!
sim que isto da agricultura tem várias fases importantes: planta-se, aduba-se, poda-se, espera-se que floresça, tenha fruto e colhe-se (foi nesta parte que nós entrámos), de outro modo inutiliza-se a árvore e todo o trabalho anterior (e nós não ia-mos querer isso)




e...


...se o que te resta de uma grande, grande paixão são penas
o melhor é fazer um edredon
e dedicares-te à agricultura que sempre dá mais frutos
;)))


Se não me virem nos próximos dias...

...é porque estou trancada em casa a ver episódios do Seinfeld até decorar!

domingo, dezembro 09, 2007

um dia vou ganhar o euromilhões...

só para ter o prazer de adquirir o meu próprio mini-caixotinho...




quantas e quantas vezes ele me tem feito falta na minha vida... isto de ter andado na escola (de ter gostado de aprender uma coisas) só me tem dado problemas!
não se diz asneiras, não se falta ao respeito aos mais velhos (nem aos mais novos), mesmo quando sabemos que eles nos faltam ao respeito a nós... é que o comum dos mortais, o que não consegue privatizar o seu mini-caixotinho e fazê-lo render até não mais, não só não é excêntrico, como é mal educado, insolente, prepotente, arrogante and soi on and soi on...
senhora que exerce a mais velha profissão do mundo, não faz a declaração para o irs e deu à luz (se tivesse o meu mini caixotinho conseguiria dizer isto tudo em 3 palavras, utilizando apenas 8 letras, porque algumas repetem-se, até para economizar nas palavras é preciso ter $$$)

sábado, dezembro 08, 2007

donos das palavras

cedo aprendemos a utilizar as palavras e sabemos que as mesmas palavras ditas com entoações diferentes ganham recortes de antítese...
disse um dia a um puto... sabes que eu preciso de falar contigo e que prefiro que seja no meu gabinete, se não quiseres aqui falamos lá fora!
(objectivo meu: falamos lá fora, no sentido de ameaça, queria que tivesse medo de mim)
resposta do puto: pois a teresa gosta de conversar comigo a passear no bairro!!!
senti que perante ele, a minha credibilidade anda nas ruas da amargura... descobriu logo que gosto dele a valer e que por isso não lhe consigo dar porrada...

sacana do puto já me conhece tão bem!!!

emprestimos

pedi ali o canto emprestado ao fernandinho em prol da saúde mental dos leitores deste blog...
só por hoje o jorge (palma) foi encostado a outro alguém, tinha que ser já andava encostado a nós há muito tempo...
eu sei que roubar é feio, mas teve que ser. desculpa fernando!
assim que tiveres tempo, volta para tomares o teu cantinho com a tua música!!!
bons voos

Hoje é um dia especial...


...porque há um bom (im)par de anos, eu NASCI!

Hoje vou ser mais mimada que o costume (o que é dificil, porque o meu papá é dificil de bater em mimos e está neste momento a cozinhar camarões tigre para mim :)), vou receber mais prendas que o costume (a minha mãe não passa sem me encher delas), vou falar com montes de amigos e posso fazer literalmente o que quiser...
E o mais bestial é que não tive que fazer nada por isso, apenas viver mais um ano...
Bem haja a quem inventou isto dos parabéns!!
Já agora, obrigada à Russa e à Michelle, pela noite de ontem. Arranjarem centenas de figurantes para se fazerem de meus amigos deve ter sido duro, convidarem os Nouvelle Vague para me cantarem o "parabiens lalalalalala" foi bestial (pena que eles nao quiseram), mas agora porem o casino a rodar à minha volta só para eu me sentir um Sol...é demais...já não se fazem amigas assim ;)))
Miss Té, espero por si lá em casa hoje ;)

sexta-feira, dezembro 07, 2007

Lá por ser feriado e fim de semana...

... não quer dizer que te safes de fininho!


PARABÉNS SUE!

quinta-feira, dezembro 06, 2007

Hoje apetecia-me...

... receber muitos miminhos :)

desejo do dia...


... um dia vou ser como as bombas de gasolina das autoestradas...

cor de laranja ;)

nunca pensei que uma pulseira me pudesse deixar tão contente...

... ou a importância dos laços!

o que é que "estar preso" quer dizer?
é uma coisa que toda a gente se esqueceu - disse a raposa. - que quer dizer estar ligado a alguém, que se criaram laços com alguém.

saint-exupery o pricipezinho


laços de amizade, de amor, de protecção, fraternais e até virtuais...

criar laços a obriga-nos a preocupações, mas permite-nos viver mais e melhor!!!

anti vírus

os vírus são uma praga que ataca quando menos se espera...
está a pessoa muito descansadinha no seu pc e pimbas é atacada!
ou anda na sua vidinha leve e fresca, fresca e fofa (como o pão de forma) e zás!
ainda por cima tenho para mim que o vírus é um ser indisciplinado que serve para atrapalhar a vida às pessoas, acho que nunca andou na escola...
se vir as coisas pelo prisma do vírus até consigo entender, é mal amado, ninguém o quer e quando o agarram a primeira coisa que a pessoa faz é tentar tratar-lhe da saúde, matá-lo, assassiná-lo destruí-lo.
se formos a ver existem pessoas que vivem à custa dos vírus, são médicos, bioquímicos e farmacêuticos que ganham a vida a tentar descobrir as formas mais eficazes de os aniquilar...
são informáticos que passam vidas a encontrar antídotos
e a população, em geral... há pessoas que ou lhes ligam demais e passam a vida no centro de saúde e urgências de hospitais (cambada de desocupados) e pessoas que lhes ligam de menos e assim mal ou bem vão vivendo e só quando é um vírus mesmo grande, mau e forte se deixam abater...
quanto a mim que sou deste último tipo, o anti vírus vou fazendo o que posso para me esquivar aos que me aparecem à frente e de vez em quando lá calha deixar-me abater. já perdi algumas batalhas, mas nunca, por nunca perderei a guerra...
para isso valho-me dos amigos (Deus lhes dê paciência para me aturar, que católicos que estamos papai ficaria orgulhoso!), das mensagens dos pacotes de açúcar (um dia farei de ti a pessoa mais feliz do mundo) e do meu sorriso que é meu e de muitas mais pessoas certamente...

a propósito soube ontem (obrigada por me teres avisado) que Eugénio de Andrade já um dia cantou um sorriso e o eternizou em palavras... aqui fica!

Creio que foi o sorriso,

O sorriso foi quem abriu a porta.

Era um sorriso com muita luz

lá dentro,

apetecia entrar nele,

tirar a roupa,

ficar nu dentro

daquele sorriso.

Correr, navegar, morrer

naquele sorriso.



este é só um dos múltiplos e variados exemplos de sorrisos que me curam, me dão força e me sustentam... sempre!


quarta-feira, dezembro 05, 2007

Não é maravilhosa...

... a sensação que se tem quando descobrimos o fio à meada?
... quando finalmente damos por encerrado um assunto?
... quando nos libertamos de coisas do passado que só nos empecilham a vida?
... quando às dez da manhã já estamos cheias de vontade de ir dançar all night long?

Que belo dia de sol... algures que não em Lisboa, claro! :)
Saiu finalmente em DVD a Série 9 do Seinfeld, estava à espera há meses! Sempre que saiu uma série nova, aguardei ansiosamente a seguinte e finalmente saiu a ultima! É só comprar e serei a feliz proprietária de todos os episódios da série mais brilhante de todos os tempos!!


Logo por azar, saiu ao mesmo tempo uma edição de coleccionador que eu amava ter...o que faço agora? Já só me falta um DVD para completar a colecção...Compro a caixa de coleccionador e fico com duas colecções? Dou a colecção antiga e fico com a nova? Bolas pá, não podiam ter feito a caixa logo à partida? Tinham mesmo que me deixar anos a comprar DVDs a um por um para agora juntarem tudo? Tinham, tinham? Que maçada, pá...


terça-feira, dezembro 04, 2007

Pois é, decorreu este fim-de-semana em Faro mais um encontro de BMPs, desta vez por ocasião do Doutoramento da Miss Denny (Já?? Croma!!).

Sexta-feira eu, Miss Floppy e o seu Zé Augusto Feijão rumámos ao Algarve para nos juntarmos às meninas que já lá estavam. Não chegámos a tempo de ver a discussão mas diz quem estava que correu muito bem. Só podia!

No entanto, chegámos para a parte mais divertida, a FESTA!! Jantar e Concerto dos Cant’esta (é assim, Norton?) nos Artistas e mais uns copos e passeio pela “Rua do Crime”, a recordar os tempos de estudante (vontade da Miss Sara, que estava cheia de pica!).

Sábado almoço delicioso e conversa de gajas com vista sobre a Ria Formosa e a seguir passeio na praia para conhecer a Maria, a mais recente bébé BMP. Xico, tens certeza que és o pai? É que ela é tão lindaaaa ;))


Uma namoradita perfeita para o Rafael, que também é um bonzão!

Depois chá e pão com nozes e o já clássico “Jantar de Natal”, mas sem quaisquer referências ao Natal, e a seguir novo concerto. Desta vez os “Street Band”, que é como quem diz, a Banda da Rua, que é como quem diz o pessoal que trabalha na RUA FM (Rádio Universidade do Algarve), que fazia 5 anos.

Aos anos que não entrava naquele bar...Mais recordações do tempo de estudante, que se tivesse uma banda sonora, com certeza incluiria estas músicas:



E como nestas coisas, o pior é sempre o dia a seguir à véspera, domingo foi um dia muitooooooo dificil. Almoço e regresso a Lisboa, com um detalhe interessante, uma passagem pelas instalações das estradas de Portugal no Pragal, que tem uma vista lindaaaaa.


(foi a foto possível, tá?)

Foi mais um fim-de-semana perfeito, fica a promessa de mais para breve...



quinta-feira, novembro 29, 2007

"Diz que até não é um mau blog"


Normalmente não tenho muita paciência para estas coisas que crescem em cadeia mas em atenção ao simpático gesto do menino Rusty para comigo e com este blog, aqui vai:

Regras de Recepção e Atribuição do Prémio:

1º Indicar quem lhe atribuiu o prémio
2º Atribuir o prémio a 7 blogs que considere que até não são maus blogs
3º Fazer referência ao criador deste prémio.

E os Vencedores são:

Porque primeiro a prata da casa, cmquemnaoqueracoisa - by Té (espero que se anime a postar com a frequência de antigamente), by Michelle (pela companhia no dia-a-dia) e by Clau (que espero, renasça das cinzas e recomece a postar).
Floppy - outra amiga que eu adoro, sempre a par de tudo o que acontece. Tem andado preguiçosa ultimamente mas a culpa deve ser do Zé Augusto Feijão...
SopadaPedra by Norton - um programa de rádio diferente, feito por um amigo muito especial (em todos os sentidos ;)). Não percam a emissão online, às quintas-feiras às 20h.
Oalentejanodekilt by JJ - as histórias de um alentejano a viver na Escócia. Saudades, amigo! Para o ano vou-te visitar, prometo!!
Bartatplanetearth by Bart - mais um amiguinho que de momento está fora, desta feita em Milão! Pode ser que dê para te ir visitar! Belmiro 3 - Ramiro 0 ;)
Mitra1997 by Mitra - só conheço alguns mas das histórias que ouvi, são uns grandas malucos!!
Origemdacoisa by I - mais uma bióloga marinha à solta pelo mundo virtual.



What the hell is wrong with me?...

Porque há sinais que não se podem ignorar, acho que algo se passa comigo. Ora vejamos:

* Encontrei um pacote de batatas fritas no frigorifico e não me lembro de o ter lá posto.

* Encontrei os mails do meu chefe na caixa de Junk Email e não tenho nenhuma lembrança de ter adicionado novos emails ao Junk...nem sequer sei o que se passou com o meu cérebro para se ter lembrado de tal coisa...

* Recebi uma carta das Finanças que li e reli vezes sem conta e nem sequer consigo perceber o assunto a que se refere...em todo o caso, vou optar pela opção "pagar voluntário"...e a seguir vou lá discutir com eles.

* Escrevo textos e depois verifico que faltam metade das palavras que podia jurar que tinha acabado de escrever...

* Escrevo papelitos com tudo o que tenho que fazer e depois perco os papelitos

* Preciso de post-its colados ao meu pc para me lembrar de ir jantar à minha avó. Isto porque os post-its no ecran do pc, eu já nem me lembro de ver.

* O meu pc lembra-me 3 vezes dos aniversários das pessoas e depois esqueço-me de lhes ligar. Por este andar esqueço-me do meu...

* Tou dependente do outlook ou das minhas amigas para não me esquecer de nenhum compromisso...

Devo preocupar-me? Será que o meu cérebro está a dar as ultimas?
Overload do sistema?
Pelo sim, pelo não, o melhor é comprar uma caixa de Cerebrum FORTE e tirar umas férias rápidooooooooooo...

segunda-feira, novembro 26, 2007

I hate mondays...

Por acaso até estava a correr bem... mas depois passou por aqui qualquer coisa que me virou a 2ª feira de pantanas... ele é colegas a melgarem-me a paciência (acho que não me pagam o suficiente para isto!), ele é saídas de campo decididas à última hora (viva a escola Coelhone que me deu a estaleca operacional), ele é a minha conta bancária em estado precário (my fault completely), e a porra das prendas de Natal para comprar.
O que vale é que já recebi e que passei metade do dia no laboratório!

UFASSSSS...

Maria Rita

Foi agorinha mesmo, no Casino do Estoril...

sábado, novembro 24, 2007

se os primeiros erros...

fossem definitivos, o mundo era um deserto!!!
está nas nossas mãos aprender com eles e continuar a perseguir os nossos sonhos...
não é fácil, mas se a vida fosse fácil não tinha metade da piada!

sexta-feira, novembro 23, 2007

"Rosa da Vitória"

Estou quase a fazer anos e este ano, se quiserem dar-me uma prenda e não souberem o que há-de ser, permitam-me sugerir que me ofereçam o novo DVD dos islandeses Sigur Rós
(['sɪɣʏr rous] no alfabeto fonético internacional).

Chama-se Heima e apresenta imagens dos concertos que a banda deu na Islândia no verão de 2006. Consta que mostra umas paisagens lindas de morrer e a musica, nem se fala porque é simplesmente divinal!

quarta-feira, novembro 21, 2007

voltei...

... a estar ligada ao mundo! isto de não ter internet interfere com o sistema da pessoa ;)
mas agora o meu problema já está solucionado e estou de volta leve, fresca e cheia de vontade de escrever!!!

Não podia deixar passar esta notícia...

... o António Sérgio vem para a RADAR!!!


YUPIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII (Zé Pedro... baza!)

Questão...

Uma camisola às riscas pretas e brancas (em partes iguais) lava-se com a roupa branca ou com a roupa preta?

terça-feira, novembro 20, 2007

segunda-feira, novembro 19, 2007

Parabéns Russa!!!



Luvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv iúuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!

Sue&Michelle*

O Inverno está a bater à porta

Está a chover... está frio... está tempo de comer castanhas... está tempo de dormir debaixo dos cobertores com os pés quentinhos... está tempo de acender a lareira... está tempo de usar roupa quentinha... que bom é o aconchego do Inverno :)

quinta-feira, novembro 15, 2007

Mar de Celebes

Por favor, alguém me leve para aqui e me deixe lá...
Lat 0º 26' 21'' Lon 120º 44' 52''

quarta-feira, novembro 14, 2007

Vocês já repararam...

como os vídeos da Björk são sublimes??

Não deve haver um único que não seja uma ode à estética :)

segunda-feira, novembro 12, 2007

domingo, novembro 11, 2007

Há Horas Felizes...

Benfica 6 - 1 Boavista
Sp. Braga 3 - 0 Sporting
Estrela Amadora 2 - 2 Porto

Quem diria que este simpático domingo iria terminar tão bem?

sexta-feira, novembro 09, 2007

Alguém me explica...

... porque é que às vezes quando queremos dizer as coisas mais simples, somos completamente mal entendidas??

Mas quem é que inventou esta coisa das palavras? Que complicação!!!

quinta-feira, novembro 08, 2007

Miami Ink...

Neste momento está uma senhora na televisão a tatuar a imagem de uma tosta de queijo junto ao coração...

Depois de Nuno Markl ter visto Jesus numa cebola, só faltava mesmo alguém ver a Virgem Maria num pedaço de pão torrado.

E lá está ela com a tosta devidamente emoldurada, para a artista copiar direitinho o desenho...

E parece que alguém lhe comprou a tosta por 28 mil dólares...

Ainda a minha mãe diz que EU sou maluca...tá bem tá!


P.S. Este Ami é mesmo giro...um dia destes meto-me num avião e vou a Miami fazer uma tattoo...

quarta-feira, novembro 07, 2007

Para quem não sabe...

Para vos poupar decidi deixar só os links...

Este é uma definição wikipediana de alergias http://pt.wikipedia.org/wiki/Alergia

E este é sobre a homeopatia http://pt.wikipedia.org/wiki/Homeopatia

Have fun...

P.S. para quem não está dentro do assunto, esta discussão começou um belo dia (hoje), à hora de almoço entre mim, a Sue e a Rute

Hoje pela primeira vez...

...estou a escrever um post a partir de casa!
É verdade!
Finalmente fiz o que já devia ter feito há muito e pus internet em casa!
Agora é que vai ser escrever posts e publicar fotos!
Me aguardem!

terça-feira, novembro 06, 2007

Hoje descobri que

Sou alérgica às seguintes "coisas":

- Dermatophagoides pteronyssus
- Dermatophagoides farinae
- Hollister Stier (vulgo pó da casa)
- Pêlo e caspa de gato (esta já sabia)
- Dactylis glomerata (ou seja Panasco)
- Lolium perenne (ou seja Azevém)
- Phleum pratense (ou seja Rabo de gato)

Pronto... é isto... o que será o Panasco? e os Dermatophagoides? E dizer que se é alérgico a Hollister Stier dá muito mais estilo do que dizer que se é alérgico ao pó da casa, não é?

segunda-feira, novembro 05, 2007

Pontos assentes

- Sou pouco produtiva antes do almoço
- Ultimamente tenho necessidade de dormir muito
- Sinto falta de apalermar e dizer muitas idiotices
- Preciso de apanhar uma grande..... zurga
- Não sei se hei-de vestir roupa de inverno ou de verão
- Não sei voar :(
- Quando olho para o mar só me apetece começar a nadar até tocar no horizonte
- Ando cansada
- Agora que comprei os drunfos, tudo vai correr melhor :)

sexta-feira, novembro 02, 2007

Na sequência do post anterior...

Hoje sinto... que não me apetece nada estar a trabalhar

:|


Será que segunda também vou sentir isto?

quinta-feira, novembro 01, 2007

...


hoje sinto, amanhã logo se vê...

gostar

era tão mais fácil se existisse uma medida exacta para o gosto...

para não haver dúvida, nem enganos, mal entendidos e dúvidas...
havia uma unidade de medida universal para o gosto
podia haver o tamanho de gosto, como na roupa gosto xs, gosto s ou gosto xl
o gosto podia medir-se milímetros, centímetros ou quilometros
centímetros cúbicos ou metros quadrados quem sabe os gramas só para nos ajudar a saber com que linhas e que nos podemos coser.
haverá meios termos nos gostos???
gosta-se ou não se gosta... gostar só um bocadinho é gostar na mesma ou estarei enganada? como é que se mede o gosto? gosto de ti até à lua e todo o caminho de volta... gosto, só isso! qual destas duas significará um tamanho maior de gosto.


mas provavelmente é esta incerteza que aumenta a magia de gostar

momentos

só para (me) lembrar que existem momentos (mágicos) em que tudo parece fazer sentido.
é por eles que anseio, é por eles que espero, é por eles que (sor)rio sempre (que consigo), são eles que temperam e valorizam todos os outros momentos daquilo a que chamamos vida...

... e viver, apesar de nem sempre ser fácil, é beeeeeemmmmmm bonito!

quarta-feira, outubro 31, 2007

;)




As mulheres com mais de 30 anos...

Escrito por Andy Rooney, apresentador do programa da CBS "60 Minutes"....

Para todas as mulheres com mais de 30 anos... e para aquelas que têm
medo de entrar nos 30... e para os homens que têm medo das mulheres com mais de 30!

À medida que vou envelhecendo, valorizo cada vez mais as mulheres com mais
de 30 anos. Estas são apenas algumas das razões porque o faço:

» - Uma mulher com mais de 30 nunca te acordará a meio da noite para
perguntar "Em que é que estás a pensar?". Ela não se importa com o que tu pensas.

»- Se uma mulher com mais de 30 não quer ver o jogo de futebol, não se
senta a teu lado a lamentar-se. Ela faz alguma coisa que queira fazer e, geralmente,
é algo mais interessante.

»- Uma mulher com mais de 30 conhece-se suficientemente bem a si própria
para estar certa de quem é, o que quer e de quem o quer.

Poucas mulheres com mais de 30 anos ligam alguma ao que tu possas estar a
pensar sobre ela ou sobre o que ela está a fazer.

»- As mulheres acima dos 30 têm dignidade. Raramente terão uma discussão
aos gritos contigo na ópera ou no meio de um restaurante chique. No entanto,
claro, se tu mereceres, não hesitarão em dar-te um tiro.

»- As mulheres mais velhas são generosas nos elogios, muitas vezes não
merecidos. Elas sabem o que é não ser apreciado.

»- Uma mulher acima dos 30 tem segurança suficiente para te apresentar às
amigas. Uma mulher mais nova acompanhada de um homem ignora frequentemente
até a melhor amiga porque não confia no homem perto de outra mulher. Uma
mulher com mais de 30 não se podia estar mais nas tintas se tu te vais
sentir atraído pelas amigas dela, não porque confie em ti, mas porque sabe
que elas não a trairão.

»- As mulheres tornam-se psíquicas à medida que envelhecem. Nunca terás que
confessar os teus pecados a uma mulher com mais de 30. Elas sabem sempre.

»- Uma mulher com mais de 30 fica bem a usar um batom vermelho brilhante. O
mesmo não se aplica às mulheres mais novas.

»- Depois de ultrapassares uma ou outra ruga, vais ver que uma mulher com
mais de 30 é de longe mais sexy do que qualquer colega mais nova.

»- As mulheres mais velhas são correctas e honestas. Dizem-te imediatamente
que és um idiota se te estiveres a comportar como tal. Nunca tens que
tentar adivinhar em que pé estão as coisas entre vocês.

»- Sim, nós elogiamos a mulher com mais de 30 por várias razões.
Infelizmente, não é recíproco. Por cada bela, inteligente, segura e sexy
mulher com mais de 30 anos, existe um careca, barrigudo, em calças amarelas
a fazer figura de parvo com uma empregada de mesa de 22 anos...

O que me apoquenta hoje é:

Ver como a minha cadela se cansa a apanhar banhos de sol à porta da minha cozinha!
Nem se mexe quando abro a porta, se lhe faço uma festa, estica-se toda e lá continua, de língua de fora, a aquecer-se ao sol.
Ser cão cansa... e apanhar banhos de sol também! :)

Será a minha cadela... uma sub-espécie de gato?

segunda-feira, outubro 29, 2007

Não digam que não penso em vocês :|

Chitãozinho e Xóróró, pioneiros no estilo musical sertanejo romantico com misturas electrónicas, bem cedo,mostrarem o seu dom. Com mais de 20 anos de carreira, e mais de 30 milhõesde cds vendidos, vêm pela 1ª vez à Europa, começando a tourneé europeia em terras lusas .
Poderá vê-los e ouvi-los dias :

30 de Novembro em Carcavelos ( a 10m da C.P)

domingo, outubro 28, 2007

mudanças...

porque tudo muda...
começou a ficar mais frio, o outono começa a dar sinal de si, nas lojas as prateleiras já se enchem de novas cores, texturas e materiais...
resolvemos também aqui mudar qualquer coisa
espero que gostem...

variações em zé sobre o mundo animal



repescado daqui

agora também auxiliares de memória...

... têm sido fundamentais.
e nesta altura só posso dizer que
ainda bem que nos cruzámos,
que nos tomámos mutuamente,
que nos cuidámos, nos apoiámos,
estivemos lá nos bons e nos maus momentos.
que nos acompanhámos
às vezes mais próximos, outras mais distantes
que não esquecemos, que permanecemos
que criámos espaços que ninguém mais pode ocupar.
ainda bem que para mim são insubstituíveis,
inesquecíveis, inestimáveis...
obrigada a todos por serem os meus AMIGOS
aqueles que, se por algum acaso nos esquecemos, nos lembram quem somos
e qual o caminho que percorremos para chegarmos aqui...

vocês todos e cada um em particular são o meu euromilhões, o meu diamante mais precioso, o meu mar e o meu sol...

luv ya all

sexta-feira, outubro 26, 2007

Hoje à noite...

Onde: Galeria Zé dos Bois
A que horas: 23h
Porquê: Porque um amigo meu (nosso) vai tocar com os Farra Fanfarra e vale a pena ver!
Preço: 5 euros

Não faltem!

Mas porquê?

Sou ouvinte assídua da Radar há uns anos... possivelmente há tantos anos quantos ela tem de existência. Gosto mais de uns locutores do que outros, mais de umas músicas que outras, mas de facto há algo que não percebo...
Porque raio é que o Zé Pedro (sim, o do Xutos) faz uma rubrica diária?
1- Não tem voz de rádio
2- Não sabe falar português correctamente
3- Ok, confesso que tem gosto musical, mas ultimamente começo a duvidar das suas escolhas

PORQUÊ????

Por favor, alguém dê ao sr umas aulas de dicção e gramática de língua portuguesa... que sofrimento é ouvi-lo!

terça-feira, outubro 23, 2007

You only live once

Eu sei... podiam ser tantas outras as músicas, mas estava a ouvir esta e apeteceu-me :)


Hoje recebi...

...uma carta registada da Caixa Geral de Depósitos. O que é bastante estranho, tendo em conta que até os cartões de crédito chegam em carta normal.

Lá fui eu aos correios ver do que se tratava. Enfrentei a fila numerosa de velhotas a receber a sua pensão e fazer os pagamentos do telefone e lá consegui abrir a minha carta.

Qual não é o meu espanto quando vejo um cheque que recebi do IST (que tinha depositado no multibanco) e um recibo de uma despesa por devolução do cheque. Motivo da devolução: divergência.

Ora as inteligências que passam os cheques aqui no IST escreverem euros em vez de cêntimos no numerário e eu não reparei e depositei o cheque. Resultado: uma bela multa de 14,50€ (10€ de imposto não sei do quê e os portes de envio) pelo trabalho de devolverem o cheque.

Note-se que o cheque que recebi é de 14,93€, mais 43 cêntimos do que a multa.

Quando menos uma pessoa gosta de tratar deste tipo de assuntos, mais lhe calham. Lá fui eu à Tesouraria do IST devolver o cheque para me passarem outro e tentar convence-los de que a multa deve ser paga por eles.

Aparentemente (e para minha grande surpresa!), a coisa até parece que correu bem. Não me pediram para preencher mil papéis e comprometeram-se a tratar do caso depressa. Tou verdadeiramente espantada, ia preparada para uma cena de porrada...

Quanto ao banco, trato deles mais tarde. Sou só eu que acho que cobrar 10€ por este serviço é um exagero?? Lá terei que reclamar, preferencialmente num dia em que esteja bem mal dispostinha...

segunda-feira, outubro 22, 2007

Este fim de semana a minha TV pifou...

A pobre coitada já andava a ameaçar e parece que agora finou-se de vez...Cá pra mim foram as exibições desastrosas do Benfica que a mataram. (E eu qualquer dia vou pelo mesmo caminho, o da úlcera gástrica em dia de jogo. O melhor é começar a torcer pelo Fátima, que até agora ainda não me falhou e até já me deu grandes alegrias.)

Aproveitando o resto do fim de semana sem TV aproveitei para arrumar a casa, ouvir musica, andar de volta do PC, etc. mas confesso que me aborreci. Senti-me tão aborrecida como quando falta a electricidade.

Tenho uma série de amigos que não tem TV e passei a admira-los ainda mais por isso. Eles dizem que não sentem falta mas não me parece que seja coisa à qual me queira habituar. Apesar de simpatizar com a ideia, tenho que reconhecer que não é para mim. Pelo menos enquanto viver sozinha.

Ainda que por um lado, me tenha poupado de acidentalmente ouvir a Julia Pinheiro ginchar e dos programas miseráveis que os canais generalistas insistem em passar, senti muita falta da minha TV Cabo, da minha X-Box e do meu DVD, que sem TV não me servem de muito.

Acho que vou continuar a preferir fazer eu a selecção do que vejo e escolher se quero a TV acesa ou apagada, mas sempre com a hipótese de a poder ligar quando quero.

Nem sequer sei como é que, por segundos, a ideia "ah, nem preciso de televisão, posso bem passar sem ela" me passou pela cabeça.

Vou mas é, quando sair daqui, passar no Media Market ou na Worten e repor o electrodoméstico, de preferência de modo a ainda ver as "Mentes Criminosas" logo à noite e aproveito compro uma ligação à Internet, que isto estar sozinha em casa e isolada do mundo não tá com nada.

sexta-feira, outubro 19, 2007

Este senhor ou tá senil ou respirou demasiado formol em novo...

Falo obviamente do cientista James Watson que esta semana brindou o mundo com mais uma das suas afirmações polémicas (para não dizer parvas).

Este senhor considerado pai (ou a esta altura já avô) do DNA, e merecedor de um prémio Nobel por isso, afirmou que "os negros são menos inteligentes que os brancos".

Eu pergunto-me: como pode um dos lideres mundiais em investigação genética vomitar um absurdo destes? Trabalhando o senhor nisto há anos, deve estar cansado de saber que não há nem poderia haver nenhuma base cientifica que ligue a inteligência à cor da pele.

Mas já não é a primeira vez que lhe saem absurdos do género. Em tempos o senhor sugeriu que haveria uma ligação entre a cor da pele e os impulsos sexuais, o que explicaria o porquê de os negros terem uma libido mais desenvolvida. Ora se a libido fosse directamente proporcional à cor da pele, sendo ele um copo de leite...não abona muito a seu favor.

Este génio teve ainda a brilhante ideia de sugerir que se poderia um dia modificar a genética para criar pessoas mais belas. Seriamos todos bonitos. Ainda que a ideia seja romântica, devo lembrar ao senhor que é a variabilidade genética que garante a sobrevivência das espécies e isso de sermos todos iguais seria aborrecido (ainda que a ideia de todos os homens serem iguaizinhos ao Brad Pitt não fosse má, porque assim eu teria o meu próprio Brad).

E como se não bastasse ser racista, o senhor é ainda homofóbico, tendo afirmado em tempos que se um feto possuísse o gene da homossexualidade (existe semelhante gene??) a mãe deveria ter o direito de abortar. E se eliminassemos antes o genezinho da parvoíce, hein? Ou o da homofobia? Não ficaria o mundo um bocadinho melhor?

Veio agora pedir desculpas e dar o dito pelo não dito. Carrissimo senhor, desculpas destas não se pedem, evitam-se! Deixe lá os genezinhos da cor da pele e da homossexualidade (se é que os há!) em paz e concentre-se em eliminar os genes da diabetes e outras maleitas, que o mundo é bonito é assim, Colorido e Alegre!

E já agora, se quiser mesmo que os seres humanos sejam todos bonitos, deixo-lhe aqui um exemplar LINDO e INTELIGENTE para copiar o molde:


Bem haja e não me desiluda mais...

Ontem foi...

...Dia Mundial da Monitorização da Água (tema em que trabalho, e só por isso descobri semelhante maravilha).

Parece que há Dias Mundiais para tudo e mais alguma coisa, não é bom? Qualquer um pode ter o seu dia, senão vejamos:

02 Fev - Dia Mundial das Zonas Húmidas (se tem uma zona húmida, já garantiu o seu dia...)

03 Maio - Dia Mundial do Sol (que quando nasce é para todos)

06 Maio - Dia Mundial de Oração pelas Vocações (deve ser a minha nulidade religiosa que não me permite perceber que dia é este...)

12 Maio - Dia Mundial do Enfermeiro (para quando o dia mundial do Biólogo Marinho?)

17 Maio - Dia Mundial do Iogurte (e eu pergunto, porque não o dia mundial da casca da cebola?)

21 Junho - Dia Mundial do Relógio de Sol (faz favor se de acrescentar a Clepsidra, igualmente linda!)

20 Julho - Dia Internacional da Amizade (olha que bonito, vamos fazer um jantar neste dia?)

14 Agosto - Dia Mundial dos Canhotos ( e os ambidextros, como é?)

10 Outubro - Dia Mundial da Saúde Mental (é quando se nos atravessa um doido varrido na vida que percebemos a importância deste dia)

31 Outubro - Dia Mundial da Poupança (será que por um dia consigo poupar mais do que água?)

16 Nov - Dia Mundial da Tolerância (faz tanta falta...)

21 Nov - Dia Mundial da Saudação (Saudações benfiquistas a todos!!)

03 Dez - Dia Internacional do Individuo (que afinal somos todos nós, será que neste dia está correcto ser-se egoísta?)

Mas há ainda montes de dias do ano por preencher por isso, sugiro mais alguns, por exemplo:
Dia Mundial do Incompetente
Dia Mundial Dos Que Só Usam Sapatos Com Atacadores
Dia Mundial das Pessoas Que Não Tem Nada Para Fazer
Dia Mundial dos Senhores que Inventam Dias Mundiais
e, last but not least:
Dia Mundial dos Dias Mundiais

E no fim, faziamos destes dias todos FERIADO! Isso é que era giro, hein? Ser feriado todos os dias...já não ficava tão chateada quando calhassem ao sábado ou domingo...Detesto desperdiçar um feriado...

Já agora, hoje é dia Mundial das Missões, mas mais importante é o dia de Aniversário da minha prima: PARABÉNS PRIMA!!! ADORO-TE!!


quinta-feira, outubro 18, 2007

Frase do Dia...

"É mais fácil desintegrar um Átomo do que um Preconceito"
-Albert Einstein-

quarta-feira, outubro 17, 2007

E para quem não sabe...

Um Corolário é uma decorrência imediata de um Teorema.

Um Teorema é uma "afirmação que pode ser provada". Para se produzir um Teorema é preciso demonstrá-lo (i.e., prová-lo).

Um Axioma é uma proposição que não é provada ou demonstrada e é considerada como óbvia ou como um consenso inicial necessário para a construção ou aceitação de uma teoria. Por essa razão, é aceite como verdade e serve como ponto inicial para dedução de outras verdades.

Isto tudo para dizer que a Lei de Murphy nunca foi provada. Resta saber se porque não se aplica ou porque a demonstração foi minada pela própria Lei de Murphy.

E já agora para quem não as conhece...

Lei de Murphy
Se alguma coisa puder correr mal, correrá mal.

Corolários

Nada é tão fácil como parece

Tudo leva mais tempo do que se julgava.

Se existe alguma possibilidade de diversas coisas correrem mal, aquela que causar maior dano será precisamente a que correrá mal.

Se você se apercebe de que há quatro maneiras de uma coisa correr mal, e se ultrapassar estas quatro, uma quinta possibilidade aparecerá imediatamente.

Deixadas a si mesmas, as coisas tendem a ir de mal a pior.

Sempre que você se decidir a fazer alguma coisa, haverá qualquer outra coisa que terá de fazer primeiro.

Toda a solução gera novos problemas.

É impossível criar alguma coisa à prova de tolos, porque todos os tolos são sumamente engenhosos.

Blog Action Day

Segunda-feira foi o Blog Action Day dedicado ao Ambiente.

Era um tema bem do meu agrado e gostava de ter escrito qualquer coisinha sobre o assunto. Infelizmente, esta semana os corolários à Lei de Murphy perseguem-me e ainda não tive tempo nem para me coçar.
E acreditem, trabalhar com gente incompetente, dá muitaaaaaa comichão!

Não queria, no entanto, deixar passar a ocasião sem fazer referência ao assunto por isso aproveito este pequeno intervalo na minha atarefada semana para lembrar os 3 Rs:

Reduzir, Reutilizar, Reciclar

(Bem sei que podia fazer melhor mas estou cansada e sem imaginação para mais, peço desculpa)

quinta-feira, outubro 11, 2007

Porquê??


POrque de facto há dias (ou semanas) em que só apetece... isto!

Assim são estas coisas...

Das coisas que não gosto mesmo nada de fazer, ir com o carro à oficina vem logo a seguir a visitar repartições do estado, como as finanças, segurança social e afins. Detesto "tratar de papeis", enfrentar as longas filas, a ausência de A/C decente, as cadeiras sempre quentes (isto quando as há), a antipatia e falta de informação das próprias pessoas que nos estão a atender e a sempre longa cadeia burocrática que os papeis tem que vencer.

Sou daquelas pessoas que fazem tudo o que podem pela internet. Posso até dizer que desconfio das pessoas que o poderiam fazer e não o fazem e fica a minha pergunta...porquê?

Mas como ainda não inventaram uma maneira de eu ir à oficina pela internet, ontem lá teve que ser...

Na realidade, eu não fui bem à oficina, fui à Carglass. Somos aqui no trabalho, os felizes proprietários de uma Toyota Hilux Tracker, que usamos no trabalho de campo. No momento a nossa linda pick-up tem dói-dói. Caiu-lhe uma pedra em cima e lá se foi o vidro do hardtop. A pedra poderia ter sido simpática e ter partido um outro vidro qualquer, mas lá está a Lei de Murphy sempre a chatear...

Depois de falar com o senhor não-sei-quê da Vialonga (alguém me diz onde fica isto?), a mando do senhor não-sei-quantos do Seguro, lá me mandaram para a Carglass de Alvalade, onde deveria ir para fazer o desenho, tirar o numero de série do hardtop e medir o vidro.

Mal entrei na toca a que os senhores chamam de oficina, a senhora da recepção diz-me logo: aqui não cabem autocarros. A quem o diz...meter uma viatura daquele tamanho num espaço apertado e com carros sempre a entrar e a sair foi coisa para me fazer perder 2 kg (o que não seria mau, não tivesse eu sentido a necessidade de compensar aquele momento com a ingestão de 1 litro de Coca-Cola logo a seguir).

Depois de alguns telefonemas para o colega da Vialonga, lá consegui que medissem o vidro. Agora terão que ligar para a Toyota, dar o modelo do hardtop e as medidas, esperar que a Toyota lhes envie o vidro feito por encomenda e depois ir à Vialonga (aí vou ter mesmo que saber onde é) coloca-lo, provavelmente daqui a uns meses...

Porque é que não fui directamente à Toyota? Porque o seguro só paga se eu for à Carglass...




Este é para ti, Té...

Estava eu a tentar sobreviver no habitual deserto-de-bens-alimentares que é a minha cozinha, à procura de um bocadinho de açucar para adoçar o meu café com leite, quando lá encontro uns pacotinhos perdidos, datados do Natal de 2005.

Afinal, não é só a Nicola que põe frases giras nos ditos pacotes, a Camelo também já o fez (e penso que já vi em mais marcas). Sabendo do teu gosto por estas frases, aqui vai:

"Acredito na força das coisas frágeis"

"Acredito em desafios, em percursos, em bons ventos"

"Acredito nas tuas descobertas. Na capacidade de me surpreender"

"Reconheço-te:
A mesma alegria
Os mesmos sonhos
A mesma vontade"

"Quero crescer, crescer, crescer, para ser outra vez criança"

Os pacotinhos estão guardados lá em casa, se não te importas vou usar o açucar antes de te os dar ;)

Beijo, Sue*

P.S. Não acham absolutamente fantástico a validade do açucar ser ilimitada? Há lá coisa pior do que encontrar aquilo que tanto se procura no momento e afinal estar fora de validade...

quarta-feira, outubro 10, 2007

há dias assim...



que valem todas as lágrimas, todos os apertos e que nos fazem acreditar que vale a pena...
hoje foi um deles!
resolvi levar para a minha escola uns livros de histórias porque nunca se sabe quando podemos precisar de ler uma história de encantar a miudos que já não se encantam com muito!
tinha-o ainda embrulhado e levei aquele e alguns outros... como nunca o tinha lido foi por aquele mesmo que comecei e na segunda página já sorria com a coincidência.
numa história com tom glicodoce de contar a meninos que têm sonhos de todas as cores do arco-iris surge o nome do heroí um ursinho muito amado pelos papás ursos. tinha o mesmo nome do meu rufia mai lindo, que não tem medo de ninguém, que não confia em ninguém, que não gosta de ninguém, que terá sido feliz um dia mas que talvez já tenha sido traido pela sua ainda tão memória!
claro que assim que tive oportunidade partilhei com ele a minha descoberta... não detalhei pormenores mas confidenciei-lhe do livro, da hitória, do nome do heroí... sorriu e disse fez de propósito, não foi? contei-lhe a verdade era coisa que faria de propósito mas desta vez foi mesmo por acaso (acho que não acreditou)...
na saída das aulas, em que cantou (muito desadequado o este rufia!), contei à professora que tinha encontrado uma história linda para ela contar ao filho e que nessa altura perceberia porquê! ele meio zangado (não estava nada) disse "também o que é que a história tem de especial só porque o ursinho tem o meu nome!" e riu com o sorriso da criança que nele habita e que tenta camuflar (com unhas, dentes e picos de ouriço cacheiro) não vá essa criança fazê-lo acreditar que ainda pode haver esperança...


segunda-feira, outubro 08, 2007

sexta-feira, outubro 05, 2007

e se um desconhecido...


... te mandar esta mensagem para o hi5!


"exitem três tipos de homems: os vivos, os mortos, os que navegam e se apaixonam no mar. Gostas de navegar?"

isto é???

terça-feira, outubro 02, 2007

importante, importante é...


... saber relativizar...
... ser inteligente...
... utilizar o pensamento como arma...


mesmo quando isso parece totalmente impossível,
o chão parece fugir-te debaixo dos pés
te sentes impotente perante uma situação
e não está nas tuas mãos o desenrolar dos acontecimentos...


na vida como no desporto o importante é saber ser e estar com muita tranquilidade!

às vezes, é mesmo preciso entregar a Deus
(olha a minha educação católica a vir ao de cima, a vovó ficaria orgulhosa)
e torcer para que tudo corra pelo melhor

segunda-feira, outubro 01, 2007

filmes

domingo à tarde é tempo de cinema... e lá fomos nós "sem reservas" e foram uns largos minutos bem passados... gargalhadas, sorrisos, olhares ternurentos, outros cumplices, uns de ja vús aqui e ali, as ruas, uma lagrimita no canto do meu olho (nos teus não dava para ver estava escuro) em várias ocasiões, uns suspiros aqui e ali!!! com a clau no escurinho do cinema...

foi mais uma tarde de domingo bem passada
será que errámos mesmo na profissão???

ver o trailler



"nem tudo na vida pode ser pedido no cardápio!"

;)

grey's wisdom


as pessoas que mais sofrem,
são as que não sabem o que querem!

Dúvidas...

Odeio Tunas...
Odeio os Delfins, Pólo Norte, Paulo Gonzo e outros que tais...
Odeio programas de televisão com pessoas a cantar...
Só não sei qual deles odeio mais...

quinta-feira, setembro 27, 2007

quando o meu mundo e o teu mundo se encontram... o mundo fica um lugar melhor!

terá sido o olhar vivo ou o sorriso malandro, talvez, o tom de desafio constante...
é, parece que foi amor à primeira vista... e como todos os que começam assim à primeira vista, vai dar luta, fazer sofrer, trazer desilusões, ser muito forte e durar para sempre (bem, enquanto fizer sentido)...
a conversa foi-se desenrolando, quis saber sobre ele, os gostos e desgostos... da música dele não tinha ouvido o tom, nem ele da minha, ainda que lhe tenhamos dado o mesmo nome! a dele é da rua... a minha da televisão... combinámos nos próximos tempos ele levava a música dele e eu levaria a minha. disse do mundo dele mais do que eu esperei, se calhar por não ser segredo ou por não lhe parecer ameaçadora. e quis saber de mim e do meu mundo...

ele - tu és do bairro?
eu - qual bairro? o que é que queres dizer com isso? sim, moro num bairro!
ele - de telheiras.
eu - não noutro bairro...
ele - de cascais
eu - também não, moro num bairro
ele - mas o teu bairro não tem barracas, pois não? é só prédios com garagens e porsches, não é?
eu - (sorri)

mostrou-me que sabia escrever, que sabia ler, não fosse eu achar o contrário...
não tinha a minima dúvida... que mesmo que não soubesse ler e escrever as letras do meu mundo, sabia ler e escrever o mundo com letras que me custam, às vezes, decifrar...

ensinas-me?!?!


three worlds Escher

quarta-feira, setembro 26, 2007

fUNfARRA BL na Prainha do Pico

Gostava de lá ter estado, mas não foi possível...
Que saudades da malta dos Açores!

E sim, o vocalista é o Pietá!

terça-feira, setembro 25, 2007

segunda-feira, setembro 24, 2007

sexta-feira, setembro 21, 2007

fizemos novos amigos II

long long time ago, fizemos amigos... muito saborosos, especiais que se tornaram companhia habitual, que partilhamos nos momentos mais variados como forma de festejar a nossa amizade! são momentos coloridos, cheios de detalhe, fantasia e requinte... momentos que estimulam todos os sentidos e que nos enchem... esta paixão levou-nos a descobrir novos locais e novos sabores, mas ainda nos faltam muitos mais...

então como agora o sushi ganhou um lugar especial nas nossas vidas e reinventa-se nas mãos de cada mestre de sushi, tal como a amizade que nos une se reinventa a cada dia...

acho que está para durar mais este elo que nos aproxima ;)

saudades que não se apagam...


faz 5 anos que nos despedimos pela última vez...
com um até amanhã, que acabou por nunca chegar!

terei sido eu a última pessoa a trocar palavras consigo??? disse-me em jeito de despedida "e agora quem é que vai cuidar de vocês?", respondi "não diga essas coisas, não se esqueça que tem que beber água, nada de ser teimosa, olhe que nós precisamos muito da avó... nunca se esqueça que gosto muito de si!".
assim que cruzei a porta as lágrimas rolaram cara abaixo como se antecipasse a noticia que iria receber poucas horas depois. só voltei chorar muitos dias depois, foi intolerável a perda e ainda é...
tenho saudades suas, cada vez mais, acho que nunca vão extinguir-se a tendência é ter sempre mais. por outro lado, continuo a senti-la perto como se aquele dia 21, de 2002 não tivesse existido, perto como quando ia passar férias com a avó na terra, como quando a visitava ao fim de semana, como quando a primeira frase que me atirava assim que entrava lá em casa era "nunca vens visitar a avó!" mas eu ia, era no momento que chegava que a avó se permitia dizer-me isso... mas a avó sabia que embora não fosse lá a casa tantas vezes quantas as que gostaria, não me esquecia de si nem por um minuto sequer...

escrevo-lhe hoje para lhe dizer que o que foi verdade até aos meus 25 anos
não vai mudar nunca, nem um milimetro,
pelo menos até ao dia em que voltarmos a juntar-nos outra vez...
gosto-te hoje, sempre e para sempre, !

my way sex pistols

quinta-feira, setembro 20, 2007

Modernices...

Graças ao avanço tecnológico posso estar na Lagoa de Óbidos com os pés cheios de lodo e a escrever este post...Viva o progresso!

segunda-feira, setembro 17, 2007

Reencontros...

Ilha do Faial - Agosto de 2002

Casa da Floppy - Setembro de 2007


sábado, setembro 15, 2007

alerta vermelho...

concordo na integra com a opinião que o dias ferreira expressa na sua crónica do record de hoje sobre o pseudo-soco do scolari (ou soco mesmo), na sua crónica apelidada de ala direto...

parece-me que isto não é necessariamente bom mas é um facto!!!

comunicação em double bind...

a importância de atender à forma e ao conteúdo em simultâneo ou como nos deixamos enganar com a primeira impressão!
nas primeiras vezes que ouvi o good luck - vanessa da mata feat's ben harper
(digam lá que assim não soa mais hip hop) achei que era uma canção de amor (óbvio!),
de um amor feliz (romantica), resolvido (porque os há assim!), muito bem vivido
(com o ben só podia ser bem vivido), por isso um amor festejado.
as vozes casavam na perfeição, a música é agradável e passa um bom feeling,
mas quando prestei atenção à letra percebi que é uma canção de amor sim,
mas de um amor que se despede, que deixa ir, que liberta, que deseja e espera,
mas que sente que é tempo de desistir, apesar dos pesares (não vou entrar em pormenores,
nem tecer considerações pessoais e desnecessárias, afinal não estou a falar de mim!)
a segunda música que ouvi do albúm foi "amado", letra maravilhosa, música animada,
voz sublime (bem eu amo é-me agradável ao ouvido) e não é que a p*** da letra também
é altamente deprimente e linda... (nas duas consigo perceber ainda que subliminarmente
o factor esperança, é por isso que gosto tanto... mas isso para mim é fácil que sou
uma lamechas incurável)


tenho para mim que...
há aqui alguma coisa que me falha!!!

mas deixo-vos a letra, depois ouçam a canção, número 5 no cd e digam-me lá que não tenho razão...


amado - vanessa da mata

Como pode ser gostar de alguém
E esse tal alguém não ser seu
Fico desejando nós gastando o mar
Pôr do Sol, postal, mais ninguém

Peço tanto a Deus
Para esquecer
Mas só de pedir me lembro
Minha linda flor
Meu jasmim será
Meus melhores beijos serão seus

Sinto que você é ligado a mim
Sempre que estou indo, volto atrás
Estou entregue a ponto de estar sempre só
Esperando um sim ou nunca mais

É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer
Sinto absoluto o dom de existir, não há solidão,
nem pena
Nessa doação, milagres do amor
Sinto uma extensão divina

É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer
Quero dançar com você
Dançar com você
Quero dançar com você
Dançar com você

sexta-feira, setembro 14, 2007

parabéns a nós...

tenho a dizer-vos que estamos de parabéns porque ultrapassamos o alucinante número de 10 695 visitas ;)
... não é um número redondo mas é um número como qualquer outro e apeteceu-me ter uma razão para comemorar!!!


viva nós

Coordenadas certas...

Era aqui é que eu estava bem...

07º 44´22.64´´ N
98º 46´10.51´´ E

quinta-feira, setembro 13, 2007

depois da tempestade...

... diz que, vem a bonança!
os últimos dias de agosto/primeiros dias de setembro foram um tanto ao quanto tempestuosos, crises informáticas, incertezas quanto ao emprego que se seguiria, uma loucura, uma animação... mas como a idade não perdoa meu coração já se ressente com tamanha comoção... depois de uma certa idade... são as cruzes que doem, o mau feitio que ataca, o sono que chega quando menos se espera!
mas parece que essa fase foi ultrapassada e sinto-me com 22 outra vez, vá na loucura 23...
e neste momento a situação que mais me apoquenta e que me ocupa o espirito e me deixa algo inquietada é...
decidir se quero substituir o meu dino-pc por um i-té ou por um té-vaio...

o meu coração palpita como uma batata frita e está com uma forte inclinação para... quem me conhece sabe... eu sou pessoa de grandes paixões e algumas bem antigas ;)

aceitam-se sugestões

Nota mental # 19

As pilhas a ferver tem exactamente o mesmo aspecto que as pilhas frias.

Nota mental # 18

Quanto a bateria original de um equipamento pifar, pedir atempadamente uma nova ao fabricante.
Nunca, mas mesmo nunca, tentar fazer uma bateria caseira.

quarta-feira, setembro 12, 2007

Palavras para quê?...

Nota mental # 17

Não sair da cama no dia de abertura do novo ano lectivo...

Vamos aprender esta letra?



Eu sei que este post destoa dos anteriores, mas.... não podia deixar de partilhar

terça-feira, setembro 11, 2007

encontrar o norte...

volta e meia sinto necessidade de encontrar o norte... e lá me desloco até ao porto...
cidade que gosto e que vou sentindo, cada vez mais minha, por interpostas pessoas que entraram na minha vida e cá vão permanecendo... porque quando gosto é muito, para sempre, até às tripas...
essas pessoas têm-me apresentado locais que vou tomando para mim nos quais construo lembranças, nos quais vou (re)criando a minha história...
o porto é sentido e sente-se, é acolhedor, envolvente, a apregoada falta de luz (por oposição a lisboa) envolve-nos e esgota-se na iluminação dos sorrisos dos portuenses, no seu sentido de humor, no desejo sempre presente para que nos sintamos em casa, nos braços abertos e no sotaque que me entra no ouvido, me embala e me deixa saudades...
lembro-me da primeira vez que o porto me seduziu, logo à chegada... tinha uns 12 anos e "o velho casario que se estende até ao mar" foi imagem que ficou indelevelmente gravada nas minhas memórias... e fui voltando sempre a um sítio que ao mesmo tempo que distante me parecia sempre - e mais - acolhedor... a primeira vez em serralves... os dias 25 de dezembro que gosto de passar com as "bizinhas"... a ribeira... as pessoas que vou conhecendo... o porto também foi palco para memórias menos boas, algumas lágrimas e de um último adeus que por ter sido tão sofrido, deixou marca funda... também é por ti, tio que o porto é sentido, é de abrigo, de dor e de esperança... depois há também leça, a foz, o mar que é especial como a cidade, as francesinhas no madureira's a horas que ninguém desconfia, o sushi no gosho (no hotel porto palace ;) ), o colling com gelado de tangerina na tavi (com a minina juana e a minina kate) e os fins de tarde naquela deliciosa esplanada... os telefonemas no porto e do porto, lembrei-me de ti junto ao rio, junto ao mar, no porto à noite...
por tudo isto e por tudo o que não disse, que ainda não senti, que ainda me falta viver ali
gosto do porto e sinto que também já o posso chamar meu...

meu PORTO de abrigo

PS assim de repente só me ocorre uma falha no porto... não é lá a nova catedral ;)