quarta-feira, dezembro 26, 2007

Ah, já me esquecia...

Boas Entradas em 2008!

Fui...

Vou ali, já venho. Lá para o dia de Reis, já cá devo estar.
Até lá, não morram de saudades minhas :)

segunda-feira, dezembro 24, 2007

domingo, dezembro 23, 2007

What else?...

Sexta-feira às 18h, eu e a Michelle entrámos na loja da Nespresso do Chiado com um objectivo simples: comprar café para a minha mãe, mais uma viciada no fenómeno Nespresso.
Tirámos a senha com o bonito numero 825. Olhámos para o ecran e a senhora estava a atender o numero 614. Gargalhada...seria possível que estivessem mais de 200 pessoas à nossa frente para comprar café? CAFÉ? Se estivéssemos na Etiópia e fosse a fila para o Arroz, ok...mas CAFÉ??????
E agora, decidir o que fazer: ficar ou bazar? Nem sequer bebemos café, por isso nem isso tinhamos para nos entreter...
(Note-se que a nossa boa disposição e ponderação em ficar só foi possível porque estávamos de férias há 1 hora e ninguém nos ia tirar nem a vontade de rir, nem o sorriso estupido da cara...em qualquer outra altura, nem sequer teriamos entrado...a não ser que lá estivesse o George Clooney dentro...aí até podia ter a senha nº 17428374265471831).
Nisto, estamos na decisão de ficar ou bazar quando uma miuda vai a sair furiosa e diz: "toma, queres?" E entrega-me uma senha com ar de quem tinha estado na guerra, mas com o numero 693 (tirada às 16h41).
E assim, de repente, já só estavam 80 pessoas à nossa frente...Acabou por ser rápido, consegui comprar o café e a minha mãe pode considerar essa a minha prenda de Natal. Não o comprar, mas o estar disposta a enfrentar uma fila, para o comprar.
De qualquer forma, se alguém me conseguir explicar, o que é que a máquina e o café tem de especial para que tanta gente, por todo o mundo, esteja disposta a enfrentar filas de horas para o comprar, agradeço...e não digam que é o Clooney, que eu bem sei que ele não estava na loja...

mensagens de natal

... dizem mesmo que se deve sorrir um determinado número de vezes por dia, para impedir o ataque repentino das rugas... aqui

"Não critique, ajude; não grite, converse; não acuse, ampare e... não se irrite, sorria" aqui

sábado, dezembro 22, 2007

maré de sorte

é aquela em que tenho andado!
euromilhões da máquina 100% de lucro ;)
50 cts nas maquinas dos café que dão prémios e saí uma maravilhosa maquina de barbear, que pode ser usada através de duas fontes de energia (pilhas e electricidade) tendo em conta que em todas aquelas bolas só havia duas com este prémio digam lá que não fui uma privilegiada (neste caso não consigo contabilizar o lucro)...
a minha primeira máquina de barbear, ai ai... agora só me falta saber que uso lhe dar porque não tenho barba, mas isso o senhor que está lá em cima a ditar as marés de sorte não tem obrigação de saber!
nem quero pensar no que se segue...

sexta-feira, dezembro 21, 2007

fundação tecla

...9 anos a dar música a quem nos quiser ouvir
tem tido um percurso a par e passo com o metro de santa apolónia, mas em bom!
como o outro já está inaugurado perece-me que a fundação entrará ao serviço hoje logo depois de andar à roda o euromilhões!!!
continuaremos a trabalhar rumo ao futuro perseguindo o objectivo inicial e encontrando soluções conjuntas para os obstáculos que surgem no caminho!
a equipa de trabalho tem sido consolidada e está cada vez mais forte e coesa!
assim sendo aguardem-nos... ganhámos uma visibilidade estonteante e se ainda não notaram é porque são pessoas desatentas...

crónica de um jantar...

é disto que o meu povo gosta (como diria o outro) foi festa do principio ao fim, acordámos o natal que havia em nós com o devido patrocínio...
ao melhor estilo despedida de solteira mas em bom, começou com os cumprimentos e conhecimentos e encontros de afinidades! muita gargalhada e animação...
a festa começou e quem se atrasou, não se perdeu, apanhou o comboio na estação mais próxima! e dançou ou não ao som do requiem de mozart!
muita cantoria deixo-vos o medley dos pontos altos...
gosto das ondas do mar e nós pimba, golo do benfas, na mariquinha que vem comigo para angola, ou para constância que fica mais em caminho, porque a cabrita é minha, mas tem uma remada forte, aqui na selva o rei é o leão auuuuuuu, cuidado porque a vaca da vizinha é grande. erros e desafinações houve mas isso não nos impediu de cantar, convidámos também o pai buda porque é um rapaz que sabe como é que se fazem filhos e tem muitos, mais a canção do beijinho para prosseguir até... évora porque a distância é uma questão de interpretação!
tudo isto regado por uma belíssima colheita de 2007 de... garrafas de água e 2 jarrinhos de sangria o que para 12 pessoas não parece ser suficiente para tanta animação...
é caso para dizer... a tradição já não é o que era!!!
chifrox (com direitos dos autores)

Esta é a minha resposta...


pimp myspace
myspace layouts
pimp myspace

Michelle Vs Sue

pimp myspace
myspace layouts
pimp myspace

quinta-feira, dezembro 20, 2007

coisas de gaja

hoje em conversa com uma amiga saiu-me...
se já é tão difícil mudar um sofá, mudar o mundo é bem mais complicado!
mas continuamos a incorrer no mesmo erro cada uma de nós acha que sozinha vai conseguir mudá-lo

ossos do oficio...

se há coisa que eu gosto é de conversar... de dizer coisas... de preferência quando estou em dias sim... hoje está a ser definitivamente num dia sim... disse montes de coisas e ouvi muitas mais... consegui olhar para as pessoas e vê-las com várias tonalidades, coisa que já há algum tempo que não conseguia fazer.
talvez tenha recuperado aquilo que achei que perdi... talvez!

e o dia que amanheceu cinzento, entardeceu ensolarado... só porque o tempo nos prega destas partidas... tem vontade própria e porque o planeta continua a girar independentemente do que fazemos cá por baixo!!!

Meet Mister GrassHead...


Apresento-vos o meu novo amiguinho, o mister GrassHead.

Por enquanto é careca, mas quando eu o regar, vai crescer-lhe cabelo, que é como quem diz, relva na cabeça.
Então vou poder pentear, que é como quem diz cortar, à minha vontade...
Já vejo o mister GrassHead Punk!
Esta foi, sem duvida, a prenda de Natal mais gira que já me calhou em jantares de Natal...

quarta-feira, dezembro 19, 2007

E as palavras mais bonitas que me disseram nesta quadra natalícia foram...

...e passo a citar:
"Feliz comemoração do nascimento de Jesus"

olhos que não vêem...




nova música do amiguinho jack ;)

terça-feira, dezembro 18, 2007

Caixinha de Surpresas

Desde que vim trabalhar para o IST, já fiz todo o tipo de trabalho de campo: de madrugada, de dia, de noite, em rios, ribeiras, lagoas, albufeiras, estuários, no mar, em praias, fiz fotografia aérea, mergulho, pendurei-me em cordas para descer pontes, enterrei-me em lodo, desci e atravessei rios e até já fui à pesca, andei kms a pé, de todo-o-terreno, de barco, de avião e, a ultima novidade, de kayake, debaixo de sol e debaixo de chuva.

E quando eu penso que o trabalho de campo já não me pode surpreender o chefe diz: o ideal para fazer as batimetrias é um jetski...


Não corro o risco de me aborrecer neste trabalho, não não...

segunda-feira, dezembro 17, 2007

Já cá canta mais um...

Sinceramente não acho grande piada a fazer anos... mas é tão bom quando os amigos se lembram de nós e nos enviam uma mensagem, ou nos telefonam...
Este ano um amigo holandês enviou-me uma prenda...
Cheira bem, não cheira?

Obrigada Klaas :)

domingo, dezembro 16, 2007

Parabéns Michelle!...







ontem...

... no deserto... um bocadinho antes de chegar ao fim do mundo, mas lá muito perto... inesperadamente cruzei-me com algumas memórias antigas que muito respeito e admiro... a guitarra portuguesa de Coimbra, que chora quando tocada... a música de Carlos Paredes que preenche os silêncios quando solta...
gostei muito do concerto... e como não há imagens daquele a que assisti ontem... deixo-vos o carlos paredes do cais das colunas (chegado directamente do you tube, se o paredes soubesse onde o encontramos agora) e quem sabe se um dia não ouvem o pedro algures por aí no mundo...







fui guiada pela vossa mão e (re)encontrei notas esquecidas de laços vividos, sentidos e mantidos pela força que têm os amigos com quem aprendi a sentir a música do paredes...

sábado, dezembro 15, 2007

E o improvável aconteceu...

Afinal, havia 1 Episódio do Seinfeld que eu nunca tinha visto...

vá sue por ser para ti...

"Tanta vez te perguntam por tuas aspirações espirituais, afectivas, familiares e de carreira. Tornou-se anti-social perguntar por nossos desejos materiais, como se isso não fizesse parte de nossa vida, como fosse até vergonhoso falar em tal assunto. Assim aqui vão cinco formas de ver cinco bens materiais. Passa-os a cinco amigos também."
a) 5 bens materiais QUE TIVESTE NO PASSADO. Já não os tens e sentes saudades ou nostalgia por eles.
a1) o 106, que agora é da minha tia por isso ainda vou matando saudades
a2) o ó-ó que me acompanhou durante muitas e muitas noites e que azul, tinha orelhas grandes em tecido xadrez, era exclusivissimo... foi feito só para mim
a3) alguns livros
a4) o meu bebé cabeludo preto, quando todas as meninas tinham um careca branquinho...
a5) um anel
b) 5 bens materiais QUE POSSUIS ACTUALMENTE. Que mais gostas e não vives sem.
Bem, "não viver sem" é exagero, mas gosto muito deles...
b1) o pc
b2) o tom tom azul
b3) o telemóvel
b4) os relógios
b5) o perfume
c) 5 bens materiais QUE PENSAS EM ADQUIRIR. Nos próximos 5 anos.
c1) casa e respectiva mobilia
c2) roupa
c3) livros
c4) relógios
c5) todo o enxoval para bebé
d) 5 bens materiais QUE GOSTASTE DE OFERECER. A cinco pessoas diferentes.
d1) uma máquina de café ao pai e esposa
d2) girassol à mãe
d3) tudo o que ofereci aos amigos
d4) o principezinho, o ser amigo, e terapia do abraço e o pássaro da alma a todos os que já o receberam de mim
d5) um bilhete para um concerto, um boletim do euromilhões, uma capa de edredon a quem os ofereci só porque não esperavam
e) 5 bens materiais QUE SONHAS TER. Mas que sabes não vir a adquirir.
e1) uma ilha no dubai, pode ter a forma de Portugal que não preciso de muito espaço, com uma casinha jeitosa ou em alternativa o hawai para ter uma casita de frente para o mar e finalmente já não ter desculpa para aprender a fazer surf
e2) O Taj Mahal
e3) a lua se não for considerada bem material... posso ficar-me por um flat na park avenue, pode ser uma penthouse com vista para o colombus circle
e4) um avião
e5) uma fundação

Agora passo a bola às 5 primeiras pessoas que quiserem responder a isto...

sexta-feira, dezembro 14, 2007

Cá está mais um passatempo lançado pelo menino Rusty: desta vez o desafio chama-se BENS MATERIAIS. Cá vai:
"Tanta vez te perguntam por tuas aspirações espirituais, afectivas, familiares e de carreira. Tornou-se anti-social perguntar por nossos desejos materiais, como se isso não fizesse parte de nossa vida, como fosse até vergonhoso falar em tal assunto. Assim aqui vão cinco formas de ver cinco bens materiais. Passa-os a cinco amigos também."
a) 5 bens materiais QUE TIVESTE NO PASSADO. Já não os tens e sentes saudades ou nostalgia por eles.
a1) A minha mota, de seu nome "Ginga", presente do meu pai aos 16 anos, que tanto jeito e tantas alegrias nos deu, a mim e aos meus amigos. Grandes aventuras! Saudadesssss....nunca a devia ter vendido!
a2) Gosto muito do TomTom mas tenho muitas saudades do meu segundo carro, o Charlie e sobretudo do meu primeiro carro, o XPTO. Ai, se ele falasse! Saudades, saudades, saudades do meu XPTO lindo!
a3) Os meus perto de 100 peluches de animais com os quais brincava ou à Arca de Noé ou aos veterinários e a Conchita, a minha boneca favorita. Custou-me tanto mas tanto dá-los...Sniff...
a4) Os meus outros brinquedos que eu adorava, nomeadamente os playmobil, os masters do universo, os estrunfes, os legos, as casinhas de madeira, e a minha super bisnaga de água gigante que a minha mãe me trouxe da Bélgica e me tirou (após forte ensaio de porrada!) quando descarreguei lixivia pura em cima do casaco vison da vizinha. Não, não me arrependi...WEAR YOUR OWN FUR!!!!
a5) O ZX Spectrum e os jogos fantásticos da altura: Chuckie Egg, Bomb Jack, Space Invaders e Arkanoid!
b) 5 bens materiais QUE POSSUIS ACTUALMENTE. Que mais gostas e não vives sem.
Bem, "não viver sem" é exagero, mas gosto muito deles...
b1) Os meus albuns de fotografias, digitais ou em papel. Adoro-os. Espero um dia ser velhinha e olhar para eles para recordar os momentos ali gravados.
b2) Os meus livros. Adorava ter uma biblioteca para os colocar mas por falta de espaço, sinto que tenho cada vez menos...volta e meia lá dou uma fornada! Só as Bandas Desenhadas é que não saem daqui! Também os meus CDs e DVDs, musica e filmes que me acompanham ao longo da vida.
b3) As recordações que trago de todas as viagens que faço, (conchas, plantas, quadros, livros, objectos em geral) ou que outras pessoas me trazem de todas as partes do mundo. Já são muitos...
b4) A minha colecção de relógios.
b5) A minha colecção de postais de todo o mundo, que peço sempre aos meus amigos que me enviem quando vão a qualquer lado.
c) 5 bens materiais QUE PENSAS EM ADQUIRIR. Nos próximos 5 anos.
c1) Decididamente, uma casa nova. Esta está longe de corresponder às minhas aspirações. Pode ser o ultimo andar de um prédio, ali nas Av Novas, perto do El Corte Inglés e da Gulbenkian ou então na Av Roma. Também pode ser num daqueles prédios ao pé do Estádio do Glorioso, que se bate palminhas e acendem as luzes...Isso é que era uma festa ir a pé ver o meu Benfiquinha!
c2) Nos próximos 5 anos, assim já mais para o fim, sou capaz de comprar um carro novo. Por enquanto, o TomTom é novinho, ainda nem fez 1 aninho!
c3) Comprarei certamente montes de sapatos, de preferencia invulgares. E malas, muitas malas. E relógios, montes de relógios. Bolas, gostava de me curar disto...
c4) Comprarei também livros e mais livros, DVDs e mais DVDs, ai que vicio!
c5) E se der, trocarei também o meu velhinho Toshiba Portégé pela versão moderna e branquinha do mesmo. São tão lindossssss, tão pequeninos, tão práticos, tão avançados...
d) 5 bens materiais QUE GOSTASTE DE OFERECER. A cinco pessoas diferentes.
d1) Adoro oferecer prendas por isso gostei de oferecer tudo o que ofereci a toda a gente que conheço: prendas de aniversário, Natal ou outra coisa qualquer.
d2) Todas as prendas que ofereci, sem motivo nenhum, só porque ia a passar e vi um objecto que combina com alguem. São as prendas melhores, as sem motivo nenhum.
d3) Todas as coisas que eram minhas e eu gostava delas (bonecos, livros, etc) e que ofereci a quem mais precisa. Ou então as coisas que dei, simplesmente porque as pessoas gostavam delas, joias, fotos, coisas minhas. Dou com muita facilidade...
d4) Um desenho feito a partir de uma foto do meu pai que consegui recuperar e enquadrar para lhe oferecer. Sei que era uma imagem que tinha significado para ele.
d5) As minhas contribuições mensais para a Amnistia Médica Internacional, dou com muito gosto. Se pudesse daria ainda mais...
e) 5 bens materiais QUE SONHAS TER. Mas que sabes não vir a adquirir.
e1) A floresta da Amazónia, as Ilhas Galápagos e África inteirinha.
e2) O Taj Mahal
e3) A casa dos meus sonhos, com muito espaço e uma sala de jogos na cave com máquinas Arcade de Flippers, Puzzle Bubble, Tetris e Street Fighter.
e4) Algumas obras de arte seleccionadas, uns Picassos, uns Dalis, uns Mirós, uns Van Gogh...umas coisinhas assim para decorar a minha casinha.
e5) Uma cadeia de hotéis
Também gostava de ter um gato cor de laranja grande, gigante e um Leão da Rodésia, mas só depois da casa...
Agora passo a bola às minhas coleguinhas de Blog: Té, Michelle, Clau, Ritinha e Rita.
"A MUSICA JAPONESA É UMA TORTURA CHINESA"
- Woody Allen -

quinta-feira, dezembro 13, 2007

Estive a pensar...

...e a minha palavra favorita é SAUDADE. Em oposição, a palavra que menos gosto é "esporadicamente"...blarghhhh, só de a escrever já me passo...

Porque é que estive a pensar nisto? Não, não é porque não tenho mais nada que fazer...é porque vi um livro que se chamava "A minha palavra favorita" e achei piada.

Pronto, tá dito.

terça-feira, dezembro 11, 2007

olhares prismáticos

pois que num dos meus muitos afazeres laborais fui a um sitio numa cidade em que existiam laranjeiras e limoeiros carregadinhos de frutos... vai daí que a pessoa que me acompanhava teve a ideia brilhante de colher alguns frutos e oferecer-me... uns para mim, outros para dar à senhora da portaria... entre a o meu espanto e alguma hesitação considerei que não estamos a roubar frutos mas sim a permitir-lhes que tivessem o fim mais digno que uma laranja pode ter! ser transformada em sumo ou sobremesa... dando também oportunidade à arvore de voltar a florescer!
sim que isto da agricultura tem várias fases importantes: planta-se, aduba-se, poda-se, espera-se que floresça, tenha fruto e colhe-se (foi nesta parte que nós entrámos), de outro modo inutiliza-se a árvore e todo o trabalho anterior (e nós não ia-mos querer isso)




e...


...se o que te resta de uma grande, grande paixão são penas
o melhor é fazer um edredon
e dedicares-te à agricultura que sempre dá mais frutos
;)))


Se não me virem nos próximos dias...

...é porque estou trancada em casa a ver episódios do Seinfeld até decorar!

domingo, dezembro 09, 2007

um dia vou ganhar o euromilhões...

só para ter o prazer de adquirir o meu próprio mini-caixotinho...




quantas e quantas vezes ele me tem feito falta na minha vida... isto de ter andado na escola (de ter gostado de aprender uma coisas) só me tem dado problemas!
não se diz asneiras, não se falta ao respeito aos mais velhos (nem aos mais novos), mesmo quando sabemos que eles nos faltam ao respeito a nós... é que o comum dos mortais, o que não consegue privatizar o seu mini-caixotinho e fazê-lo render até não mais, não só não é excêntrico, como é mal educado, insolente, prepotente, arrogante and soi on and soi on...
senhora que exerce a mais velha profissão do mundo, não faz a declaração para o irs e deu à luz (se tivesse o meu mini caixotinho conseguiria dizer isto tudo em 3 palavras, utilizando apenas 8 letras, porque algumas repetem-se, até para economizar nas palavras é preciso ter $$$)

sábado, dezembro 08, 2007

donos das palavras

cedo aprendemos a utilizar as palavras e sabemos que as mesmas palavras ditas com entoações diferentes ganham recortes de antítese...
disse um dia a um puto... sabes que eu preciso de falar contigo e que prefiro que seja no meu gabinete, se não quiseres aqui falamos lá fora!
(objectivo meu: falamos lá fora, no sentido de ameaça, queria que tivesse medo de mim)
resposta do puto: pois a teresa gosta de conversar comigo a passear no bairro!!!
senti que perante ele, a minha credibilidade anda nas ruas da amargura... descobriu logo que gosto dele a valer e que por isso não lhe consigo dar porrada...

sacana do puto já me conhece tão bem!!!

emprestimos

pedi ali o canto emprestado ao fernandinho em prol da saúde mental dos leitores deste blog...
só por hoje o jorge (palma) foi encostado a outro alguém, tinha que ser já andava encostado a nós há muito tempo...
eu sei que roubar é feio, mas teve que ser. desculpa fernando!
assim que tiveres tempo, volta para tomares o teu cantinho com a tua música!!!
bons voos

Hoje é um dia especial...


...porque há um bom (im)par de anos, eu NASCI!

Hoje vou ser mais mimada que o costume (o que é dificil, porque o meu papá é dificil de bater em mimos e está neste momento a cozinhar camarões tigre para mim :)), vou receber mais prendas que o costume (a minha mãe não passa sem me encher delas), vou falar com montes de amigos e posso fazer literalmente o que quiser...
E o mais bestial é que não tive que fazer nada por isso, apenas viver mais um ano...
Bem haja a quem inventou isto dos parabéns!!
Já agora, obrigada à Russa e à Michelle, pela noite de ontem. Arranjarem centenas de figurantes para se fazerem de meus amigos deve ter sido duro, convidarem os Nouvelle Vague para me cantarem o "parabiens lalalalalala" foi bestial (pena que eles nao quiseram), mas agora porem o casino a rodar à minha volta só para eu me sentir um Sol...é demais...já não se fazem amigas assim ;)))
Miss Té, espero por si lá em casa hoje ;)

sexta-feira, dezembro 07, 2007

Lá por ser feriado e fim de semana...

... não quer dizer que te safes de fininho!


PARABÉNS SUE!

quinta-feira, dezembro 06, 2007

Hoje apetecia-me...

... receber muitos miminhos :)

desejo do dia...


... um dia vou ser como as bombas de gasolina das autoestradas...

cor de laranja ;)

nunca pensei que uma pulseira me pudesse deixar tão contente...

... ou a importância dos laços!

o que é que "estar preso" quer dizer?
é uma coisa que toda a gente se esqueceu - disse a raposa. - que quer dizer estar ligado a alguém, que se criaram laços com alguém.

saint-exupery o pricipezinho


laços de amizade, de amor, de protecção, fraternais e até virtuais...

criar laços a obriga-nos a preocupações, mas permite-nos viver mais e melhor!!!

anti vírus

os vírus são uma praga que ataca quando menos se espera...
está a pessoa muito descansadinha no seu pc e pimbas é atacada!
ou anda na sua vidinha leve e fresca, fresca e fofa (como o pão de forma) e zás!
ainda por cima tenho para mim que o vírus é um ser indisciplinado que serve para atrapalhar a vida às pessoas, acho que nunca andou na escola...
se vir as coisas pelo prisma do vírus até consigo entender, é mal amado, ninguém o quer e quando o agarram a primeira coisa que a pessoa faz é tentar tratar-lhe da saúde, matá-lo, assassiná-lo destruí-lo.
se formos a ver existem pessoas que vivem à custa dos vírus, são médicos, bioquímicos e farmacêuticos que ganham a vida a tentar descobrir as formas mais eficazes de os aniquilar...
são informáticos que passam vidas a encontrar antídotos
e a população, em geral... há pessoas que ou lhes ligam demais e passam a vida no centro de saúde e urgências de hospitais (cambada de desocupados) e pessoas que lhes ligam de menos e assim mal ou bem vão vivendo e só quando é um vírus mesmo grande, mau e forte se deixam abater...
quanto a mim que sou deste último tipo, o anti vírus vou fazendo o que posso para me esquivar aos que me aparecem à frente e de vez em quando lá calha deixar-me abater. já perdi algumas batalhas, mas nunca, por nunca perderei a guerra...
para isso valho-me dos amigos (Deus lhes dê paciência para me aturar, que católicos que estamos papai ficaria orgulhoso!), das mensagens dos pacotes de açúcar (um dia farei de ti a pessoa mais feliz do mundo) e do meu sorriso que é meu e de muitas mais pessoas certamente...

a propósito soube ontem (obrigada por me teres avisado) que Eugénio de Andrade já um dia cantou um sorriso e o eternizou em palavras... aqui fica!

Creio que foi o sorriso,

O sorriso foi quem abriu a porta.

Era um sorriso com muita luz

lá dentro,

apetecia entrar nele,

tirar a roupa,

ficar nu dentro

daquele sorriso.

Correr, navegar, morrer

naquele sorriso.



este é só um dos múltiplos e variados exemplos de sorrisos que me curam, me dão força e me sustentam... sempre!


quarta-feira, dezembro 05, 2007

Não é maravilhosa...

... a sensação que se tem quando descobrimos o fio à meada?
... quando finalmente damos por encerrado um assunto?
... quando nos libertamos de coisas do passado que só nos empecilham a vida?
... quando às dez da manhã já estamos cheias de vontade de ir dançar all night long?

Que belo dia de sol... algures que não em Lisboa, claro! :)
Saiu finalmente em DVD a Série 9 do Seinfeld, estava à espera há meses! Sempre que saiu uma série nova, aguardei ansiosamente a seguinte e finalmente saiu a ultima! É só comprar e serei a feliz proprietária de todos os episódios da série mais brilhante de todos os tempos!!


Logo por azar, saiu ao mesmo tempo uma edição de coleccionador que eu amava ter...o que faço agora? Já só me falta um DVD para completar a colecção...Compro a caixa de coleccionador e fico com duas colecções? Dou a colecção antiga e fico com a nova? Bolas pá, não podiam ter feito a caixa logo à partida? Tinham mesmo que me deixar anos a comprar DVDs a um por um para agora juntarem tudo? Tinham, tinham? Que maçada, pá...


terça-feira, dezembro 04, 2007

Pois é, decorreu este fim-de-semana em Faro mais um encontro de BMPs, desta vez por ocasião do Doutoramento da Miss Denny (Já?? Croma!!).

Sexta-feira eu, Miss Floppy e o seu Zé Augusto Feijão rumámos ao Algarve para nos juntarmos às meninas que já lá estavam. Não chegámos a tempo de ver a discussão mas diz quem estava que correu muito bem. Só podia!

No entanto, chegámos para a parte mais divertida, a FESTA!! Jantar e Concerto dos Cant’esta (é assim, Norton?) nos Artistas e mais uns copos e passeio pela “Rua do Crime”, a recordar os tempos de estudante (vontade da Miss Sara, que estava cheia de pica!).

Sábado almoço delicioso e conversa de gajas com vista sobre a Ria Formosa e a seguir passeio na praia para conhecer a Maria, a mais recente bébé BMP. Xico, tens certeza que és o pai? É que ela é tão lindaaaa ;))


Uma namoradita perfeita para o Rafael, que também é um bonzão!

Depois chá e pão com nozes e o já clássico “Jantar de Natal”, mas sem quaisquer referências ao Natal, e a seguir novo concerto. Desta vez os “Street Band”, que é como quem diz, a Banda da Rua, que é como quem diz o pessoal que trabalha na RUA FM (Rádio Universidade do Algarve), que fazia 5 anos.

Aos anos que não entrava naquele bar...Mais recordações do tempo de estudante, que se tivesse uma banda sonora, com certeza incluiria estas músicas:



E como nestas coisas, o pior é sempre o dia a seguir à véspera, domingo foi um dia muitooooooo dificil. Almoço e regresso a Lisboa, com um detalhe interessante, uma passagem pelas instalações das estradas de Portugal no Pragal, que tem uma vista lindaaaaa.


(foi a foto possível, tá?)

Foi mais um fim-de-semana perfeito, fica a promessa de mais para breve...