quarta-feira, junho 18, 2008

Voltei!

(Monstras no Loch Ness)

Adorei as férias mas confesso que me soube muito bem voltar a casa.

A Escócia é um país lindíssimo, as paisagens são espectaculares, adorei as montanhas, os lagos, as ilhas, o mar, os castelos, as pastagens, tudo!

É o paraíso de qualquer biólogo, em particular marinho. Tivemos oportunidade de ver colónias de leões marinhos, focas, papagaios do mar e uma imensidão de outras aves marinhas. Em terra tivemos também oportunidade de observar inúmeras aves de rapina, perdizes, faisões, e para nossa delicia, veados e corsos, lindos! Assim à beira da estrada, sem termos que procurar nada...

(Reencontros à beira do Mar do Norte)

E claro, foi fantástico reencontrar os amigos que por lá estão perdidos, sobrevivendo ao mau tempo em troca de uma oportunidade de emprego numa área de que se gosta muito, normalmente mamíferos marinhos.


(Tugas a ver a bola)

Mas apesar de ter sido fantástico, não me parece que fosse sitio para eu ficar a viver, nem por amor a baleias e golfinhos. O clima é péssimo. Apesar de estarmos em Junho, estavam 10-15ºC, muito pouco sol, sempre nublado ou a chuviscar. Conseguimos apenas um ou dois diazinhos de sol relativo, e mais para o sul do país. Fez-me confusão ser praticamente sempre de dia, a comida é péssima (a não ser para os amantes de miúdos de carneiro e peixe frito), os nativos são cheios de regras, os horários que fazem são-me estranhos. Enfim, é tudo diferente demais, mas sobretudo a ausência de sol nesta altura do ano fez-me querer voltar a casa (ou não fosse eu alimentada a baterias solares).

Soube-me, por isso, muito bem sentir o calor à chegada a Portugal, ter o meu pai à minha espera no aeroporto, conduzir com volante à esquerda e poder pisar no acelerador, ir jantar com a minha mãe e os meus avós (comidinha caseira, as minhas papilas gustativas até bateram palmas), ser bem recebida pelos meus amigos, chegar a casa e sentir os meus bichos felizes por me verem, ter musiquinha de boas vindas no meu email e dormir no escuro na minha caminha maravilhosa.

A Escócia merecerá certamente mais visitas minhas mas permanências demoradas, não me parece.

Mais tarde publicarei mais fotos, para que possam ter uma ideia de por onde andei e o que andei a fazer. Agora vou mesmo é fazer o gosto à língua, num belíssimo jantar de sushi e conversa animada com as minhas amigas.

Cheers!

Sem comentários: