e o filme...

conduziu-me pelo mundo onírico, bem ao jeito de freud, numa tentativa de resolução de problema... fosse tudo tão fácil de dia como é à noite de mãos dadas com o sonho, para lá do principio de realidade à beirinha do principio do prazer, mas nunca além dele porque o inconsciente não dorme!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

como tu nunca...

cri cri cri foguete...