sábado, junho 26, 2010

don't let anything get you down...

... ontem cheguei e tinha este conselho virtual à minha espera... vindo de alguém que não conheço, mas fez sentido, há coisas assim!
mas não está fácil, nada fácil mesmo, no trabalho, os silêncios, ter que levantar a voz para impôr respeito, coisa que agrada pouco, mas olha que resultou, bem, mas bem, "chiaram fininho", não poder ver o jogo de portugal porque as obrigações estão primeiro, para mim sempre esteve primeiro quem representa o meu país, quando muito via com a parte da equipa de trabalho que estava interessada na bola, na verdade nem costumava estar a trabalhar e fazia estágio e sofria por antecipação e ficava à frente da televisão ou estava a caminho do estádio, via o aquecimento e o hino e tudo mais faz-me falta o hino... contra a Espanha vai dar, terça-feira às 19.30 vou estar colada à televisão, alapada no sofá e vamos ganhar, ai de vocês que me façam a desfeita... eu não mereço!
noutro departamento, nem sei bem como o catalogar sinto-me como se tivesse um paciente ligado à máquina, de vez em quando até parece conseguir respirar sozinho, mas depois vem o silêncio... sinto-me um médico com dúvidas éticas em relação à eutanásia, fiz o juramento de Hipócrates e sou pela vida a cima de tudo... só queria que acordasses e me dissesses se desligo ou não!
como não acorda (o paciente) a dúvida é minha, está na minha mão, desligar o interruptor e acabar o sofrimento, mas é tão difícil... decidir sozinha! estas decisões deviam ser sempre, mas sempre partilhadas...
que tormento!
posto isto vou andar... ajuda de certeza, estar aqui parada a pensar em assassinar um sentimento, a jogar joguinhos cujos os objectivos já estão alcançados ou à espera de algo que não vai chegar é que não vai servir de nada!!!

Sem comentários: